Tag: Facebook

#007 – Tem Promoção da Faber Castell em Página do Facebook?

Rock ON!

Eu vi um post dia desses no Facebook que me deixou bem curiosa. Eu fui perguntar para Faber Castell se era verdade. E a resposta deles me deixou pasma!

Assistam o vídeo e vejam vocês mesmos o que houve!

Repassem aos amigos para que eles conheçam o vídeo e o canal.

Gostou? Deixe um Joinha para mim!
—-
Meu twitter: @prissguerrero1
Site: htpp://www.rockmeon.com.br

—–
Nota: eu amo a Faber Castell e seus produtos!!
Veja aqui:

Vinheta: Inscreva-se, Deixe seu Joinha + Redes Sociais

Rock ON!

Fiz essa vinheta de encerramento com o After Effects e com o VideoPad.

Não tem som, pois é para aproveitar o áudio dos vídeos em que forem inseridas.

E é só uma vinheta mesmo, pessoal.
Rock OFF!!

Divulgando Ciência: Você está fazendo isso certo?

Rock ON!!!

Primeiro, desculpem o longo título, mas ele se faz necessário.
Segundo, tenho notado cada vez mais pessoas em minha rede de amigos no Twitter e Facebook, tentando divulgar ciência, mas ao invés de postar links sobre descobertas, fatos cientificamente comprovados, perdem tempo precioso dando voz a boatos, palpites, reclamando das religiões e seus seguidores.

Amigos, parem com isso. Esse não é o melhor jeito de divulgar ciência. Vocês estão parecendo o sujeito aí da imagem:

Twitter51b9428

O melhor modo de divulgar ciência é acompanhar canais científicos, promover discussões inteligentes em seus foruns, pautadas em argumentos sólidos e bem referenciados, não promover a violência e não se auto-entitular ‘o único que sabe ciência’.

Já vi gente atribuindo a Darwin qualidades de santo, deus, entidade cósmica superior. O mesmo pode ser dito do Carl Sagan. Duvido que eles quisessem esses títulos para si. É uma piada bacana? Olha, no começo, foi. Mas já era. Vocês estão santificando algo que não deve, porque é justamente aquilo que criticam em movimentos religiosos.

Praticamente vocês pregam o ateísmo do ‘sou ateu, graças a Deus’. Entendem como isso é controverso e estranho?

Nada contra os ateus ou os religiosos. Cada um na sua e nenhum me enchendo a paciência. Mas poxa, você que critica o religioso age igualzinho, não percebeu?

E quando tem um boato qualquer, sobre, por exemplo, homeopatia funcionando? O que vocês fazem? Elevam a palavra homeopatia aos top trendings, enquanto descobertas legais, cientificamente comprovadas, ficam para baixo e somem nas time lines da vida. Sejam sérios, é isso que querem mesmo?

Às vezes é preciso cavar notícias científicas, jogá-las à força na time line e o mais triste: muitas vezes são ignoradas completamente.

Gosto de seguir perfis de fotos históricas. São imagens de livros antigos, personalidades, animais, mapas, enfim, assuntos diversos. E o jeito que encontrei para replicar isso e forçá-los a prestar atenção, é escrever alguma piadinha boba em cima. Sei que vão olhar por isso. Mas confesso que muitas vezes eu gostaria de escrever algo melhor, mas sei que vão ignorar. É triste.

Já fui de me deixar levar muito pelas reclamações sobre divulgação científica, sendo que eu mesma não as estava divulgando. Hoje optei por deixar tais assuntos morrerem na minha time line. Ao contrário, procuro postar algo sobre ciência.

Peço um minuto de reflexão a vocês sobre como estão agindo, caçando bruxas e culpados, quando na verdade, o pouco de ciência que vocês mesmos não estão divulgando.

Desculpem a pobreza do texto, é apenas um recado meu para vocês.

Ajudem a ciência, dando voz para a mesma.

É isso.

Rock OFF.

São Seus Olhos!!!

Rock ON!!!

Já aconteceu de vocês estarem rolando a time line de qualquer coisa e duas postagens de origens distintas se encontrarem e combinarem perfeitamente? Pois bem, comigo acontece com certa frequência.

Mas esse dia foi louco:

 

 

 

 

timeLine

Rock OFF!!!

DeviantArt!!!

Rock ON!!!

 

Para quem não sabe ou não conhece, o DeviantArt é um site que oferece hospedagem para seu portfolio online. Essa hospedagem pode ser gratuita ou paga, sendo que esta possui algumas vantagens que não faço ideia de quais sejam, porque como boa pobre pé rapada que sou, uso a gratuita e esta me atende muito bem, pois preciso apenas de uma vitrine, digamos, mais profissional que um site para expor alguns trabalhos.

O legal do DeviantArt, é que você pode postar desde ilustrações até fotografias, vetores, gifs, filminhos (nunca tentei), conhecer artistas (os grandes estão lá também, por incrível que pareça!), seguir pessoas, conversar e tirar dicas e truques.

Há quem use o DeviantArt como banco de imagens e alguns artistas liberam suas obras para isso gratuitamente ou mediante uma quantia módica.

Sim, é possível vender também suas artes lá, há um campo para isso no local. Nunca consegui vender nada meu lá, afinal, não sou lá grande coisas perto de muita gente bacana, mas também sou bem legal perto de muito lixo que tem  lá. Sim, amigos, como toda rede social, o DeviantArt acaba tendo seus lixos também. Mas é só ignorar que tá tudo bem, né?

Deixo aqui o endereço do meu perfil, para quem quiser ver alguns desenhos que não foram postados no Rock Me ON. Deve ter alguma coisa lá, com certeza.

http://prissguerrero.deviantart.com/

Uma coisa que gosto lá, é que as artes são divididas por categorias e subcategorias, tem palavras chaves, você pode escrever uma pequena descrição do seu projeto e prefira fazer isso em inglês, gera mais visibilidade, embora tenha muito brasileiro lá e convenhamos, meus queridos, inglês é praticamente o idioma chave para tudo nessa vida atualmente.

Agora eles implementaram sistema de pastas, para ajudar a organizar melhor sua galeria, que é como eles chamam seu espaço lá.

Tem também algumas ferramentas que não compreendo, como um mural de artes, por exemplo e há também espaço para você descrever o seu perfil lá. E falando nisso, preciso arrumar o meu, que está muito besta mesmo.

Você pode fazer parte de grupos de discussão também.

Bom, já deu para perceber que o DeviantArt é uma ferramenta muito legal para montar portfólio, né? E ainda tem aplicativos para smartphones, hein? Tem Android, IOS e Windows Phone! Ahaaaaa!!!!

Então, divirtam-se lá, me adicionem, acompanhem os trabalhos da galera e usem com sabedoria.

Resolvi fazer essa postagem depois que conversei com o Luann sobre o assunto e ele me disse que montava o dele no Facebook mesmo. A ideia é mostrar para artistas, que como eu, ficam meio perdidos na hora de montar um portifólio profissional, embora eu considere o DeviantArt como um geral, o profissional eu deixo no Behance. Mas este é outro assunto, pessoal!

Abaixo, um preview do site:

deviantart

 

 

Rock OFF!!!

 

TVPaint!!!!!

Rock ON!!!

Já imaginou um programa bacana para fazer animações? Claro, que sim! Existem vários no mercado e esse final de semana eu descobri um bem maneiro na página do Facebook, a Tradicional Animation.

Trata-se do TVPaint e vale uma visita ao site para ver a galeria de animações que são produzidas. Claro que você deve levar em consideração que uma animação demanda tempo, pessoas e máquina boa. Sim, senhores, demanda.

O que o TVPaint tem de diferente de outros programas para animar que já vi, como por exemplo, o After Effects, é que ele é bem simples, leve e com interface intuitiva.

É possível desenhar diretamente nele ou importar desenhos também. Ele trabalha no esquema de animação por frames e também permite incluir sons e fazer marcações na linha do som, escrevendo o que significa cada coisa.

Por exemplo, pense num boneco que diga ‘Olá, como vai?’. Você pode escrever, numa área sobre a faixa de som essa frase e assim saber onde começa e onde termina cada som.

O programa possui um tryal cuja única limitação é exportar a animação e deixar uma marca D’água no produto final. Mas se você está interessado apenas em aprender técnicas de animação é um programa legal. Ou você pode compra-lo também  e assim tirar essa limitação.

O programa está disponível para Windows, Mac, Linux e até Android! Demais, não é?

E a curva de aprendizado dele parece ser bem simples e estou bem animada com ele.

Achei o canal de um artista chamado Aaron Blaise que ensina como trabalhar com o TVPaint. É em inglês e não tem legendas, mas se você pesquisar mais poderá achar algo em português. Não vou procurar, porque hoje em dia, meu amigo, se você não sabe o mínimo de inglês, já passou da hora de aprender, né?

Bom, espero que gostem do TVPaint, que ocupa cerca de 250MB no disco. Eu instalei a versão Windows 64bits.

Divirtam-se e deixem os comentários aí para eu saber que alguém lê esse site. Agora coloquei o Disqus.

Update:

Documentação do TVPaint

Tutoriais em vídeo

Galeria de Trabalhos

 

Rock OFF!!!

Dicas para Desenhar Melhor!!!

Rock ON!!!

Um vídeo muito legal publicado pelo BuzzFeed e compartilhado lá no Facebook pelo Andrei Fernandes (host do Mundo Freak – já linkado no RMO ) me fez descobrir que é possível fazer embed de vídeos postados nessa rede para outros sites.

Ok, eu queria mesmo era fazer o download do vídeo, mas já que posso deixa-lo aqui no Rock Me ON, já me ajuda a manter como referência para futuras consultas e com isso fico contente. Bom, ultimamente tenho achado mais as coisas que publico aqui no site que quando vasculho no meu computador ou nos HDs Externos de Backup. heheheh

Bom, chega de lero-lero, aqui está, espero que curtam:

Learn How to Draw Better In Just 2 Minutes

Posted by BuzzFeed Video on Thursday, February 27, 2014

Rock OFF!!!

Atalhos do Facebook!

Rock ON!!!

Descobri por acaso e nem sei como, que o Facebook tem atalhos de teclado!
Só não sei se tem a ver com o Chrome. Se você souber, deixe nos comentários.

Abaixo, print da lista de atalhos. Divirtam-se ou passem nervoso.

Atalhos!

Rock OFF!!!

Feelings

Rock ON!!!

Alguns Feelings para você usar no Facebook e sair da mesmice:

bummed, cozy, concerned, crafty, dumb, fed up, giddy, jolly, mischievous, rough, restless, regret, shattered, spooky, tipsy

Rock OFF!!!

A Ameaça do Fulaninho!!!!

Rock ON!!!

Galera, primeiro quero agradecer as visitas que recebi e aos comentários dos amigos sobre o post da discussão no fórum da faculdade. Aprendi muito com seus comentários e fiquei feliz em saber que estou cercada de pessoas tão distintas, nobres, realistas e sobretudo: que sabem argumentar. Isso me deixa muito feliz mesmo!

Bom, quando fiz o post “A Falta de Argumentos Gera Ataques Pessoais” eu não esperava uma repercussão tão grande sobre o assunto. Queria mesmo era mostrar, de modo bem didático, que pessoas que não sabem argumentar partem para ataques pessoais e minha preocupação a respeito disso.

Daí, para mim, o assunto já tinha encerrado. Fiz meu post, meus amigos comentaram, discordaram, concordaram, enfim, assunto morto, né?

Eis que hoje, quarta-feira dia 23/04/14, não é que o FULANINHO aparece com uma mensagem inbox me ameaçando??? Gente, eu vi aquilo e ri horrores.

Enfim, acabei não respondendo, primeiro porque estava em horário de trabalho e as mensagens que respondo são apenas da minha mãe e geralmente no café, aquele não era horário de café. Mas eu tirei um print da tela do celular, sim, meus amigos! Porque com o Samsung Galaxy Note é muito fácil tirar um print de tela, basta passar a mão pela tela, como se estivesse benzendo ele, saca? É um gestual simples de fazer e difícil de explicar.

Esse Fulaninho precisa aprender a se comunicar.

Esse Fulaninho precisa aprender a se comunicar.

Eu resolvi marcar algumas falhas no texto dele. E como já tinha feito antes, claro, omiti o nome e a foto dele. Afinal de contas, para que torturar meus visitantes com isso, né? Não que eu seja um primor de pessoa, mas convenhamos, bom senso nunca é demais, né?

Se vocês notarem, ele veio por inbox para me ameaçar? Será que ele tem medo que eu mande as postagens dele para o Cid do Não Salvo? Aliás, acho que o Cid ia me mandar tomar naquele lugar se eu fizesse isso, rs. Mas eu poderia muito bem abrir um processo, só de posse dessa mensagem, não acham?

O que diz o Código Penal? Diz isto aqui:

Art. 147 – Ameaçar alguém, por palavra, escrito ou gesto, ou qualquer outro meio simbólico, de causar-lhe mal injusto e grave:

Pena – detenção, de um a seis meses, ou multa.

Tenho a mensagem dele, o nome, a foto.

Mas voltando um pouco, no post dele, vejam só:

E então, eis que surge o Fulaninho! Com sua brilhante argumentação! Apoiado claro, pela Fulaninha e por seu amigo Troll #1, chamado assim porque achei que tivesse outro, ahahaha

E então, eis que surge o Fulaninho! Com sua brilhante argumentação! Apoiado claro, pela Fulaninha e por seu amigo Troll #1, chamado assim porque achei que tivesse outro, ahahaha

Notem que pelo que ele me diz, poderíamos dar uma espiada em Calúnia, difamação e injúria no código penal. Para não ficar chato, vou colocar trechinhos de um artigo escrito pelo Omar Aref Abdul Latif, do Site Âmbito Jurídico:

“Calúnia, difamação e injúria estão em ordem decrescente de gravidade.
Qual o significado de honra? Ainda que imateral, é valor inerente à dignidade humana.

Conjunto de atributos morais, físicos e intelectuais da pessoa, que lhe conferem auto-estima e reputação. Quando tratamos de auto-estima, falamos de honra subjetiva. A reputação está relacionada com a honra objetiva.

Honra objetiva pode ser compreendida como o juízo que terceiros fazem acerca dos atributos de alguém. Honra subjetiva, o juízo que determinada pessoa faz acerca de seus próprios atributos.

A calúnia e a difamação atingem a honra objetiva. A injúria atinge à honra subjetiva.
(…)

Caluniar alguém, imputando-lhe falsamente fato definido como crime. Há necessidade de fato determinado, falso, definido como crime. [comentário da Priss: por enquanto não é calúnia]. (…)

Difamar é levar fato ofensivo à reputação ao conhecimento d eterceiros. (SIC) [comentário da Priss: Poderia ser este? Acho que sim.]
(…)
Injúria

Busca proteger a honra subjetiva. Trata-se da imputação de qualidade negativa a alguém. Pode conter fatos, mas enunciados de forma vaga e genérica.

A conduta pode ser comissiva ou omissiva, de forma livre (verbal, gestual). Podem ser usados meio humano, animal ou mecânico. O crime de injúria admite a prática omissiva, quando, por exemplo, a vítima cumprimenta diversas pessoas em fila e o agente, dolosamente, não estende a mão. [Comentário da Priss: Creio que o que ele fez se encaixa melhor aqui. 🙂 ]

(…)

Recomendo que leiam o artigo do Omar, porque é bem interessante.

Mas vejam só como estou bacana esses dias: resolvi não levar isso ao extremo e usar a mensagem dele [mesmo mal escrita] como exemplo didático.

O comportamento de Fulaninho Fail [vamos chamá-lo assim] foi infantil novamente. Via inbox, achou que teria uma resposta minha na hora? Não, não teve. Apenas salvei o conteúdo para construir este post. Acha que vai ter uma resposta minha via inbox? Não, não terá. Aliás, quanto mais mensagens desse tipo você me mandar, mais posts surgirão. Tenho uma paleta de pincéis de memes muito bacana que já estava pegando poeira pela falta de uso.

Agora, porque o Fulaninho me odeia tanto? Já pararam para pensar? Não é por causa de um simples post. Não pode ser assim tão de graça, né? Um ódio infantil desses é construído aos poucos e deve ter algum tipo de gatilho. Não faço ideia de qual seja.

Bom, tudo o que se escreve na web pode ser guardado, arquivado, tirado um print de tela. O site do Cid, o Não Salvo, é cheio de exemplos de como pessoas viram memes, de como frases tornam-se virais e de como uma simples besteira que você diga, pode literalmente cair na boca do povo em segundos.

Não precisa se preocupar, não vou colocar o nome do Fulaninho Fail, embora eu já o tenha visto algumas vezes na faculdade, pois o visual da pessoa chama atenção. Nunca falei pessoalmente com ela, mas certamente o comportamento virtual da pessoa é um espelho da realidade, normalmente é assim.

Então, meus queridos, tudo aquilo que você diz no mundo virtual está fadado a receber o mesmo tratamento que receberia no mundo real, está sujeito às mesmas leis, artigos, código penal etc. Não é porque é virtual que você está imune. Pelo contrário, é possível rastrear seu ip, descobrir qual sua operadora de internet, sua localização etc. Eu mesma consigo ver algumas coisas de vocês usando o Google Analytics, que é uma ferramenta lícita, disponível para blogs. Com ela, consigo ver a faixa etária, o gênero, a localidade, o sistema operacional, se vocês acessam de tablete ou desktop e mais algumas coisas. [um dia farei um post disso, juro!] Agora, eu que sou uma simples pessoa com um blog bonito e perfumado tenho acesso a tudo isso, imaginem vocês, o que um agente da polícia federal ou da polícia de crimes digitais não teria acesso!

Então, para finalizar, a receita de miojo:

Um pacote de Miojo do sabor de sua preferência, 3 copos de água.
Ferva a água. Coloque o macarrão dentro. Deixe ficar al dente, isto é, nem molenga demais, nem duro [ui] demais.
Tire metade da água e coloque o temperinho que vem nele. Coloque numa tigela, queijo ralado ou queijo fatiado. Jogue o macarrão por cima. Coloque mais queijo por cima, com orégano e azeite. Se tiver azeitonas ponha também. Se tiver bacon, melhor ainda! E pronto, só comer!!!

[se você não entendeu porque tem uma receita de miojo na conclusão, leia aqui: Em Breve No Rock Me ON.]

Nota: Fulaninho, já me isento de qualquer coisa se você deixar um comentário, porque daí vão saber quem é você, visto que comentários requerem preenchimento de nome e email. Regras da casa.

Bom, pessoal, é isso.
Se gostou, comente aí, se não gostou, comente também.

Olho no Lanceeee!

Olho no Lanceeee!

Rock ON!!!

Close no Wolverine!

Fiz ontem com o Illustrator, usando os pincéis de maneira bem errada mesmo. Mas até que ficou bacana, esse cloooooooooooooooooooooose do Wolverine.

Coloquei no meu mural no Facebook solicitando que as pessoas adivinhassem qual era o personagem.

Bom, como já era tarde, apenas duas pessoas responderam. E só uma acertou!

Parabéns, Sora! Você acertou!!
E Jorge, você errou, errou feio e errou rude!

Gosto do Wolverine, é um personagem bem interessante, pena que até agora, não tenham feito um filme decente sobre ele. Uma pena, porque o ator se encaixa bem na carcaça do carcaju! [fale isso 3 vezes bem rápido!].

Rock OFF!!!

Feliz Dia da Cebola!!! Happy Onion’s Day!

Feliz Dia da Cebola!!! Happy Onion's Day!

Feliz Dia da Cebola!!! Happy Onion’s Day!

Estadão, Confirma?

Rock ON!!!

Estadão ataca novamente!

Vamos explicar: quando tem um botão escrito ‘like’, o usuário clica, aparece a caixinha para você comentar algo e já encaminhar para o Facebook.

No site do Estadão, para esta notícia, por sinal bem interessante e que valia a pena compartilhar, precisei confirmar meu ‘like’. Sério, nunca imaginei que um site de uma mídia em massa, com a história que tem o Estadão, pudesse ser capaz disso: confirmar o like. Ora bolas!

De quem foi essa ideia? Ah, pessoal, assim fica complicado, hein?

Não levem pelo lado ruim, quero apenas que melhorem. Lembrem-se, vocês podem me contratar para esse tipo de consultoria. Entrem em contato!

Estadão, porque fazer isso?

Estadão, porque fazer isso?

Rock OFF!

Conversas de Facebook

Rock ON!!!

Solidariedade, a gente vê por aqui

Solidariedade, a gente vê por aqui

Rock ON!!!

Amo meus amigos!

Sempre solidários!

Rock OFF!!!

Dead Yourself!!!

Rock ON!!!

Oi, galera!

 

Tudo bom?

Quem daqui acompanha a série da FOX, The Walking Dead?

Esta semana divulgaram no Facebook um link bem bacana onde você pode transformar uma foto sua em um zumbi.

É muito fácil de usar e dá um efeito bem bizarro. Podem-se escolher entre olhos podres, dentes medonhos, acessórios dos principais zumbis da série [lembram daqueles zumbis policiais?].

Não vou postar imagem, senão estraga a surpresa.

Entrem e divirtam-se!!!

 

 

 

 

Dead Yourself

Leão

Rock ON!!!

Galera, o que acharam deste leão?

image

Para encerrar esta série de postagens sobre aplicativos Android para desenhar, apresento-lhes o melhor de todos, pois com ele é possível também editar um desenho já pronto! Amazing!

Trata-se do Droid Paint Free!! Ele é excelente porque permite editar desenhos já produzidos, coisa que os Sketch n Draw e o Sketch Lover não fazem!

Além disso, também permite o compartilhamento de imagens pelas redes sociais, email e postagem no WordPress.

E o que mais assusta neste programa é o tamanho: 797k!! Sim, só 797k!

E a surpresa: trabalha com camadas, parecido com Photoshop e Gimp. Sacaram a preciosidade e fabulosidade que é esse programinha?

Eu diria que é essencial para quem desenha, edita fotos, enfim, é ótimo!

Bom, galera, espero que tenham gostado.

É isso aí,

Rock OFF!!!

Rock Me ON!!!

Rock ON!!!

Oi, Galera!!!

Vejam meu desenho:

image

Estava desenhando com o Sketch n Draw para Android. Gosto dessa ferramenta de desenho, é bem simples, mas tem muitos pincéis, com efeitos interessantes. Para esta imagem, usei um pincel de manchas para fazer o fundo colorido e um outro chamado ribon [fita] para desenhar ‘la mano de Dio’, que é o logo do Rock Me ON.

Ficou meio psicodélico, né?

Outra coisa bacana é que depois de pronta a imagem, você pode compartilhar diretamente com as redes sociais, mandar por email, no caso, eu mandei direto para o WordPress.

Este texto todo estou colocando umas horas depois, via notebook, para complementar a postagem.

E o melhor sobre esta ferramenta: é de graça! Tem algumas propagandas que ficam rolando, mas depois que você se acostuma com elas, passa a ignorá-las.

Vale a pena baixar o Sketch n Draw na lojinha Google Play.

Rock OFF!!!

Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.

Rock ON!!!

Nunca fui num lugar desses, mas certamente não faria um check-in numa rede-social.
Esse excesso de tecnologia me assusta um pouco às vezes.

Check-in.

Check-in.

Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out. Oh, Yeahhh! Oh Yeahhhh!!!Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.Check-in. Check-out.

Rock OFF

Facebook Trolling da Noite

Rock ON!!!

Se já não bastasse a conexão estar horrível hoje (valeu mesmo, TIM! Você se supera a cada noite!), o Facebook decidiu sugerir alguns jogos para mim.

Vejam como o querido Facebook é um trollador nato!

Fazenda + Jesus + Simpatias = WTF???

Fazenda + Jesus + Simpatias = WTF???

Farm + Jesus + sympathies = Facebook Trolling!!!

And thank you all my friends from: Canada, Mexico, Bielarus, USA, Georgia, Russia, Honduras, Panama, Sweden and many many countryes around the World! I love you all!

Rock OFF!!!

Greve do IFSP Parte 2

Rock ON!

Ok, não sabia que ia ter uma parte 2, senão teria colocado parte 1 no post anterior. Podia editar, mas não vou.

Hoje o governo fez uma proposta, parece que agradou aos grevistas. Tomara que terminem essa greve antes do semestre iniciar.

No Site do IFSP, bem escondido, muito escondido mesmo, tem um informativo sobre o sistema de rematrícula:

Novo comunicado: O sistema rematrícula está com problemas técnicos e estamos trabalhando para regularizar. A previsão é que esteja normalizado a partir do dia 25 de julho de 2012.

No Facebook o pessoal está preocupado com o prazo final da rematrícula, pois já sabemos que este nunca muda. Pensamos em fazer um abaixo assinado, mas acho mesmo pouco provável que isto gere algum resultado.

Se vier apenas do pessoal de ADS, com certeza será inútil. Mas se todos os cursos se unirem, quem sabe?

Bom, por enquanto é só.

Se tiver alguém do IFSP de outra cidade, conte como está a situação no seu Campus. Coloque seu nome, Campus e Cidade. Se quiser, use um apelido. Vamos trocar informações.

É isso, pessoal!

Rock OFF!!!

Badoo: O Experimento!

Rock ON!!!

Oi, pessoal!

Quem nunca recebeu uma solicitação do famigerado Badoo? Todo mundo, né? Mas quem realmente fez cadastro nele?

Ninguém que eu conhecia e que tinha me enviado a maldita solicitação tinha realmente feito uma conta lá (pelo menos foi o que disseram!).

Daí, final de semana retrasado, eu acho, recebi tantas solicitações dessa coisa que resolvi fazer o cadastro, só para contar aqui, para vocês, meus queridos leitores, do que se trata essa bagaça de Badoo!

Prontos ou não, lá vou eu!!!!

Badoo: o que parece ser?

Parece uma rede social como Facebook ou Orkut. Você se cadastra e adiciona pessoas. Oh, Wait, não é bem assim…

Badoo: o que realmente é?

Um site para relacionamento interpessoal, um site de encontros, um game site de encontros, serve para você conhecer pessoas do sexo oposto, do mesmo sexo, para compromisso ou amizade. Oh, Wait, isso não é o mesmo que o Facebook e o Orkut?

Parece que sim, mas não é, a partir do momento que para realizar algumas tarefas ou ver algumas telas, você precisa pagar pelo serviço! Ahaaaa! Lá vem o goooolpe!

Sim, aparentemente as partes mais legais do Badoo são pagas. Claro, há uma opção free, mas daí você precisa passar para eles no mínimo 26 endereços de seus contatos (isso explica porque vivemos recebendo essas solicitações do Badoo!).

Badoo: o que tem nele?

Tem fotos, preferências pessoais, sua localização geográfica (odiei isso), uma pequena descrição de perfil que não aceita endereços de internet, mas é facilmente burlada, podem procurar  o meu perfil lá, prissguerrero e ver como eu fiz, rss.

Você também pode indicar o que está procurando pela faixa etária, isso gera um filtro de pessoas para seu perfil, o que é bastante interessante. Também você preenche uns campos com sua descrição física. Acho isso meio bobagem, por que se você já pode colocar sua foto, já vão ver se você é alto, baixo, gordo, magro, mas enfim, preenchi lá e sacanamente coloquei que não estou acima do peso! aha!!! Mas informações como fumante/não fumante, são bem interessantes.

Badoo: as Pessoas cadastradas.

Fiquei impressionada, na primeira vez que loguei o site jogou para mim fotos de pessoas muito bonitas e simpáticas, mas oh, wait again!!! Porque pessoas assim estariam sozinhas a procura de algum relacionamento? Boa coisa não deve ter, talvez sejam muito tímidas, não sei, só sei que usar o Badoo para conhecer alguém de verdade não está nos meus planos, embora eu tenha ficado tentada, ahahaha, mas ainda sou das antigas e prefiro um bom papo com café para conhecer alguém.

Além das super beldades já citadas,  também tem as pessoas com beleza normal, onde me incluo, as feias, as mega feias e por aí, rolando ladeira abaixo!

Mas o mais engraçado são mesmo as poser, que fazem umas caras e bocas para parecerem melhores. Oh, por favor, não façam isso em lugar nenhum!

Depois de uns dias o Badoo começa a colocar gente feia e medonha na faixa de cima para você conhecer. Tá bom, Badoo, quero tanto isso quanto uma cirurgia no canal do meu dente!

Badoo: O que você não pode fazer!

Não pode colocar fotos que você não esteja. Isso é um porre, na boa, acabei de descobrir isso e detestei. Vejamos a defesa deles:

“Nós removemos estas fotos para seu album. As fotos que aparecem em “Fotos suas” devem mostrar apenas você, e seu rosto deve aparecer de forma clara e fácil de identificar. Por favor, na próxima vez publique estas fotos diretamente no álbum adequado.”

E se eu continuar a postar fotos assim? Acontecerá isso: “Este é um primeiro aviso de moderação. Ao publicar fotos e vídeos no futuro, por favor, siga nossas Diretrizes de Participação para evitar qualquer moderação. Caso continue violando as regras de participação, poderemos deletar seu perfil.”

Eu ia dizer que não havia encontrado um jeito de sair do Badoo, mas acabei de achar, basta sair violando essa regra! ahahahah

Sair facilmente do Badoo é outra coisa impossível, não há um link claro para você sair, o jeito é infringir as regras ou abandonar o perfil. Mas ficamos recebendo as insolentes solicitações via email, dizendo: “20 fulanos viram seu perfil!” ohhhh não diga?

Badoo: fofoqueiro!

Assim como o Orkut, ele conta quem visitou seu perfil, mas não existe um modo de privacidade como no primeiro. Mas o foco é justamente não ter privacidade, lembram? É conhecer pessoas, então, se não quiser que as pessoas saibam muito sobre você, não coloque lá! Você não vai moderar!

Badoo: Idiota!

Apareceu na parte de relacionamentos uma pessoa que queria me conhecer. Oh, bacana, o cara era cabeludo, perfil de headbanger, bacana para trocar idéia sobre música e banda. Cliquei para ver as fotos dele e o idiota do Badoo disse que para ver as fotos eu deveria postar uma foto minha. Ok, postei. E aí, o que o Badoo idiota faz? Põe o perfil de um cara pagodeiro, putakeu! Putakeu mesmo!

Badoo: integração com o Facebook

Minha opinião: o Badoo faz a integração com o Facebook só para adicionar mais gente à sua rede (que dedução incrível!). E só, nada mais. Não usei esse recurso que foi para não trollar meus amigos com as requisições do Badoo.

Badoo: diferenciais

Tem um sistema de ranqueamento para sua popularidade, ou seja, quanto mais popular, mais pontos nele você ganha e faz mais coisas e mais pessoas te encontram. Pff… achei bobo, realmente, ser popular no Badoo, me poupem.

É possível votar nas fotos das pessoas.

Badoo: Considerações finais (por enquanto)

Seria bom para fazer novos amigos, pois detalha muito os gostos e preferências das pessoas e seu filtro é bom, apesar do pagodeiro que quer me conhecer, a quantidade de headbangers ainda está boa, ahaha.

Seria bom se não fosse parte pago. Não vou pagar para conhecer pessoas. Conheço pessoas diariamente em outras redes sociais, na rua, casa, na fazenda e na casinha de sapé! Esse é o pior do Badoo.

Meu perfil vai ficar por um tempo online alí ainda. Sou teimosa demais para acreditar que não exista um jeito de sair dele pela porta da frente, rs. Quando descobrir, eu conto.

Mas a coisa melhor é que depois que me cadastrei, nunca mais recebi email de gente pedindo que eu me cadastre! Vejam que maravilha! Por outro lado, agora recebo email informando quantas pessoas querem me conhecer, rsss.

Não vou postar foto do Badoo, porque com isso iria postar a foto de muitas outras pessoas e vai que elas ficam bravas comigo, né? rsss

Então, se ficarem curiosos, entrem no Badoo. Mas lembrem-se: sair será quase impossível!

Rock OFF!

ParanoiKa: Inovação na Divulgação da Banda Através das Redes Sociais

Rock ON!!!

Oi, Pessoal!

Eu (@prissguerrero) acompanho muitos músicos no Twitter e foi através do RT de um deles, o Aquiles Priester (@aquilespriester) batera-polvo da Banda Hangar, que conheci o trabalho da banda ParanoiKa (@BandaParanoiKa).

Ele repassou um link para baixar o álbum completo. Isso mesmo: um álbum COMPLETO para baixar e o preço simplesmente fantástico: ajudar a divulgar o trabalho da banda dando um RT ou um LIKE! Não sei quantos álbuns foram baixados desse jeito, mas foi a primeira vez que vi uma banda divulgar seu trabalho deste modo e realmente, ouvindo o som, gostei bastante e se vir o CD, vou comprar, pois afinal de contas, ter em mãos esse produto acaba trazendo muitas vantagens: ver a letra da música, o trabalho da arte do encarte, conhecer quais instrumentos foram usados, onde foi mixado, enfim, muita coisa! Além de poder pegar as assinaturas e guardar, eheheh, adoro isso!! – Tomara que estejam na Expomusic 2012, banda ParanoiKa!

Eu particularmente não gosto de vocais femininos, são muito agudos, mas a vocal da banda ParanoiKa não é assim: esse vocal é muito trabalhado, suave e ao mesmo tempo intenso (conseguem entender? não, né? Melhor baixar o álbum, que vou deixar disponível para vocês). Lembra um pouco o Kid Abelha, pouco porque achei o som do ParanoiKa muito melhor!

A banda entrou em contato comigo e me forneceu seu material de divulgação, onde podemos ver um resumo da trajetória dessa banda e como está utilizando as redes sociais para se  promover. Aliás, é muito bom ver como as redes podem realmente trazer coisas boas, ao invés daqueles horríveis materiais idiotas que povoam a time line o tempo todo! (ok, ficou muito exagerado, mas o lixo internético é assim!)

O álbum ParanoiKa, mesmo nome da banda, vem com 13 músicas,  sendo 5 em português e as demais em um inglês impecável! O trabalho de áudio é muito interessante, limpo, demonstrando a preocupação com a qualidade que os músicos tiveram com as trilhas.

As guitarras são quentes, um pouco ardidas, bem anos 80 mesmo! Ou seja, é um álbum muito gostoso de se ouvir. As músicas não são chatas, não grudam, efeito chicletinho aqui não tem! A mixagem de efeitos é bem rica, criando um contraste muito bonito e adicionando cores às canções. Poderiam até servir como trilha para algum filme, eu arriscaria.

A bateria é suave, parece eletrônica mas não é! Pulsa e dá mais vida para as músicas. Isso deixa o som bem diferente do que eu estou acostumada a ouvir.

As linhas de baixo são quase imperceptíveis, daí eu fico triste, adoro ouvir o grave dos baixos nas músicas, mas como não se trata da proposta da banda, então está perfeito!

As canções executadas em português estão bem construídas, um ótimo tratamento ao nosso idioma tão castigado pelos populares atualmente! Palavras bem colhidas, bem impostadas. A música Complexidade possui rimas muito boas, refrões interessantes, algo positivo, que dá para sair cantando no carro numa boa (e eu adoro fazer isso! heheehhe).

A música ‘Agora é minha vez’ se tornou a minha favorita. Ahaha, é muito divertida, a mensagem é bem interessante! “…o jogo mudou e agora é minha vez, você apelou nesse jogo de xadrez, o jogo mudou e agora é minha vez, você abusou e agora pague o que fez…” — só para dar um gostinho para vocês. Ouçam a música!!!!

Foto dos integrantes da banda Paranoika

ParanoiKa – Estilosos e o Som é ótimo!

Valeu, ParanoiKa! Continuem trilhando esses bons caminhos e executando esse ótimo trabalho! Espero poder vê-los tocando algum dia desses aqui em SP!

Bom, pessoal, essas foram as minhas impressões e opiniões sobre a banda e seu som, espero que tenham gostado e se interessado! A seguir, o material que eles mesmos me enviaram, muito bom por sina, tem o link para baixar o álbum e curtir esse trabalho muito legal!!!

—–

ParanoiKa libera seu primeiro álbum para download

Em paralelo ao lançamento do clipe, a ParanoiKa mergulhou nas redes sociais e em concursos obtendo resultados bacanas, além de ter gravado o seu primeiro álbum, lançado no último dia 28. O disco deixa bem clara a mistura entre o Synthpop dos anos 80 com o Indie Rock, chegando a um Electro Rock bem característico, divertido e moderno. Com 13 faixas, sendo 11 músicas distintas e 2 versões bônus, o álbum homônimo da Paranoika teve uma estratégia de lançamento bastante ousada: ele pode ser baixado na íntegra gratuitamente na página oficial da banda www.paranoika.com.br e no Facebook www.facebook.com/paranoikaofficial.

Sobre a banda: A ParanoiKa foi formada no início de 2008 e conta com Karla Hill nos vocais, Cesar Mattos na guitarra e nos sintetizadores, Carlos Kolb no baixo e Joel Jr. na bateria. A banda já fez diversos shows no Paraná e em São Paulo, contando sempre com músicas autorais e também clássicos dos anos 80 e 90.

2012: O ano da ParanoiKa 

O ano de 2011 foi crucial para o crescimento da ParanoiKa. Formada em 2008 por Karla Hill, Cesar Mattos, Joel Jr. e Carlos Kolb, a banda curitibana lançou seu primeiro videoclipe em Abril do ano passado. A música escolhida foi Unconditional, que deixa nítida a influência do Synthpop oitentista na sonoridade do quarteto. O clipe figura desde então no site da MTV e em programas nacionais como o “Bandas e DJs” do canal Band Sat.

Em paralelo ao lançamento do clipe, a ParanoiKa deu início à gravação do seu primeiro CD, investiu pesado nas redes sociais e em concursos, obtendo resultados bacanas. Ganhou o primeiro, cujo prêmio era participar do maior festival de música paranaense, o Lupaluna. Também ficou entre os 15 finalistas dentre 45 mil inscritos do “Olha minha banda”, idealizado pelo programa “Caldeirão do Huck”.

Em Julho, a ParanoiKa fez sua estreia nos palcos de São Paulo com um pocket show na Fnac Paulista e uma apresentação no Clube Outs — localizado na badalada Rua Augusta. Desde então, a banda tem feito shows frequentes na cidade.

Com ajuda dos seus fiéis seguidores nas redes sociais, a Paranoika participou do concurso #ShowLivreDay, organizado pelo site Showlivre (www.showlivre.com) e foi convidada para a edição de Setembro do evento. O resultado do concurso saiu em Dezembro e rendeu a participação no Estúdio Showlivre do dia 02 de Fevereiro deste ano.

Ainda em 2011, algumas músicas da ParanoiKa fizeram parte da trilha sonora do reality show de maior sucesso do canal Boomerang, o “Temporada de Moda Capricho”. Isso contribuiu para o crescimento no número de mais jovens da banda.

Como resultado do trabalho intenso feito em 2011, 2012 começou fervilhando boas novas: O lançamento do CD está previsto para Fevereiro, seguido pelo lançamento de um novo videoclipe. A única coisa que não mudou é o lema da ParanoiKa: Divirta-se!

ParanoiKa!

Corre agora pro site deles e baixe o álbum!!!

Rock OFF!!!

Software Interessante, Nome Infeliz!

Image

Rock ON!!!

Quando batizarem um software tomem cuidado para que o nome não se torne algo obsceno em outro idioma, ou pelo menos, motivo para piada como o CuBook, CuScreen e CuScreen-Free (isso mesmo! Free!).

Rock OFF!

Rock Me ON!!!

Rock Me ON!!!

Rock Me ON!!!

Rock ON!!!

Fiz outro dia quando sistema estava horrivelmente lento!!!!

Um deles foi baseado numa pessoa do meu Facebook, o Carlos Eiras, que conheci na última Expomusic. O outro, disseram que lembra o cara do Pink Floyd. Mas a verdade é que tentei fazer o Dio.

Achem quem é quem aí… não vou indicar.

Rock OFF!!!

Estudando Java e Criando Memes

Rock ON!!!

Estou estudando Java e acabei criando alguns memes sobre isso com o Memegenerator, que é um site que facilita a criação dos malditos memes.

Abaixo, algumas das criações:

 

Esse foi o primeiro que criei.

Esse foi o primeiro que criei.

Depois veio este, que gerou muita repercussão entre os amigos no Facebook.

Depois veio este, que gerou muita repercussão entre os amigos no Facebook.

E o último da madrugada, quando o Eclipse ficou de zueira comigo!

E o último da madrugada, quando o Eclipse ficou de zueira comigo!

Agora me deixem ir, que eu não quero ver este aqui em ação na terça-feira:

Se eu não estudar, vai dar isso aqui mesmo!

Se eu não estudar, vai dar isso aqui mesmo!

Rock OFF!

%d blogueiros gostam disto: