Morcego Argentino

Rock ON!!

Daí apareceu um morcego na garagem de uma amiga de longa data. E dessa história surgiu o desenho:

E do desenho, uma historinha, por que não?

Ele era um morcego. Peludinho, marrom, meio dentuço, como todo morceguinho de sua espécie deveria ser. Não era grande como seus parentes filipinos. Aqueles eram verdadeiros ‘cavalos’, pensava o morceguinho. Ele não, era pequeno, atrapalhado. Um dia, resolveu visitar o Brasil. Saiu de sua amada Buenos Aires e voou, voou, voou até que se cansou e encontrou um cantinho quentinho para descansar e passar o dia.

Esse cantinho era na garagem de uma mocinha bacana, que ficou com medo dele. Mas sabendo de sua importância para a natureza, não bateu nele com uma vassoura, como muitos fariam pelo pânico! Ela tirou uma foto. Se trancou em casa, com medo.Tadinho do morceguinho! Ele nem sabia que tinham medo dele! Estava tão cansado, que passou o dia dormindo.

Mas aquela boa família esperou pacientemente até anoitecer. Tentaram chamar o Ibama, os bombeiros, mas era final de semana, eles tinham outras coisas para fazer, do que atender telefonemas, né?

Bom, o fato é que anoiteceu e nosso querido peludinho, ops, morceguinho, despertou, esticou as asinhas e partiu. Sem dizer adeus ou até logo. Ele queria terminar logo sua viagem.

A esta altura deve estar na Bahia, talvez em Pernambuco. Quem sabe?

Fim.

Rock OFF!!!

ps.: Historinha dedicada à minha amiga Thais e sua mãe. Baseada em fatos.

%d blogueiros gostam disto: