Sobre Pessoas e Redes Sociais!!!

Rock ON!

Esta semana presenciei um verdadeiro fenômeno nas redes sociais que acompanho. Um canal do Youtube, recém lançado, foi crackeado e o conteúdo destruído pelo invasor.

Não se sabe bem o motivo dessa destruição, mas esta questão me fez pensar um pouco sobre pessoas e redes sociais.

O canal pertencia a uma garota, cujo sonho é ter um canal cheio de inscritos. Até aí, normal, esse é o sonho da maioria das pessoas que se inscrevem no You Tube. E a garota ia bem, realmente, com duas postagens, ao que li, atingiu rapidamente um milhão de inscritos, mérito dela. Mas daí veio o tal bandido bom, isso gerou uma comoção nacional nas redes sociais.

Em seu vídeo, a garota propõe um canal para fazer game play, isto é, falar sobre jogos e um vlog, um diário em vídeo. Nada de anormal, nada de diferente e como a guria mesmo diz, é algo simples, é o desejo dela. E está correta. Tem mais que fazer aquilo que gosta e pronto. As pessoas que se identificaram com o consumo desse conteúdo irão se inscrever.

Bom, o que vi, depois da repercussão do caso nas redes, foram pessoas se inscrevendo no canal, não pelo conteúdo, mas pelo fato da garota estar passando por um tratamento médico severo, vi muita gente que criticava canais de game play e vlogs se inscrevendo no canal – Um adendo: segundo palavras dela, já está bem e é uma pessoa normal. Não duvido disso.

Isso me deixou curiosa. Por que pessoas que até outro dia criticavam veementemente quem produzia conteúdo sobre esses assuntos, agora, de uma hora para outra, se inscreveram num canal, cuja proposta é justamente essa?

Reflitam sobre isso. As minhas conclusões já tirei.

As redes sociais fizeram em pouco tempo, a garota conseguir novamente um bom número de inscritos. O criminoso está sendo investigado pela polícia e espero que o encontrem e que seja punido de acordo com a legislação.

Vejo reportagens sobre as redes sociais afastarem as pessoas, mas em situações como esta, ocasionam justamente o oposto: se unem em um objetivo comum para algo bom. Mesmo que isso seja contra seus valores iniciais, as redes conseguem movimentar as massas, mexe com as pessoas.

Assisti o vídeo da garota. Inteiro. Tem problemas técnicos normais para qualquer iniciante no YouTube, contudo, a menina é simpática, espontânea, direta e objetiva. E o melhor, o principal, ela é honesta. Ela está lendo a pauta e confirma isso. Não tem medo de se expor, assume-se e diz: sou assim, sou normal. Desejo muito sucesso a ela, tem minha simpatia por sua pessoa.

Contudo, não me inscrevi no canal. O motivo é bem simples: a proposta dela não me fisgou. Não consumo canais de game play ou vlog. Simples assim. Minhas inscrições atualmente estão voltadas para conteúdos sobre Computação Gráfica, Ciência, Tecnologia, ‘Faça Você Mesmo’  e Culinária. Fui conferir e fiz essa análise. Não sou o público alvo dela. Infelizmente.

Mesmo assim, desejo todo o sucesso possível para ela, que seu canal seja referência, como tantos outros são. Vida longa e próspera. 🙂

E espero que os oportunistas, que estão pegando carona nesse canal para se autopromoverem, parem com isso. Sério, deixem a garota trilhar seu caminho, ela é capaz. Acredito nela e vocês deveriam acreditar em si mesmos também e construir algo para vocês.

E deixando claro, nada contra aqueles que simplesmente se comoveram e quiseram ajudá-la a recuperar os inscritos. Aplausos para vocês.

Disso tiramos alguns pontos bem simples:

  • manter seguras nossas senhas;
  • manter higienizados e protegidos nossos sistemas;
  • usarmos as redes sociais para coisas boas;
  • pensar antes de postar ou fazer algo;
  • não sermos maus, aproveitadores, criminosos e cruéis.

Bom, é isso que eu queria escrever hoje e se você não sabe sobre qual canal escrevi, deixo o link. De repente, você é o público alvo dela. 😉

Careca TV

 

 

 

É isso, até.

Priss Guerrero.

Rock OFF!!!

Publicado originalmente no Linkedin:

 

Priss Guerrero

Sou um monstrinho Creck que ganhou vida. Twitter: @prissguerrero1

%d blogueiros gostam disto: