Tag: pés

A Fisioterapia

Rock ON!!

Oi, pessoal!

Hoje foi o nono dia da minha fisioterapia. Nem contei para vocês, mas farei 11 sessões nos dois tornozelos para evitar o surgimento de uma tendinite. O direito está bem inflamado e o esquerdo começando a doer.

Sabem, é muito ruim a cada passo sentir dor. Muito ruim mesmo. Algumas vezes eu chegava em casa e só queria colocar os pés pro alto e fazer mais nada. Em outras eu tinha que fazer isso mesmo, porque nem andar direito eu conseguia. Muito ruim.

Agora estou fazendo sessões  e já fiz nove, como disse lá no começo e já senti uma melhora significativa. Por exemplo, já ando sem sentir dor a maior parte do dia. Não é 100%, mas digamos que 70% do meu dia é sem dor, o que para mim é muito bom. Com isso, meu humor melhorou um pouco também.

Meu tratamento consiste em 15 minutos num aparelho que dá pequenos choques nos pés (muito divertido por sinal) e 15 minutos em outro que emite ondas curtas. Nisso, não posso usar celular, porque segundo a médica, que é minha xará, pode danificar meus gadgets.

Então, como passar o tempo? Lendo! E o que tenho lido? Um livrinho de Java, Edição de bolso. Tenho aproveitado o tempo e estudado o fundamental em Java. Acredito que no semestre que se iniciará na faculdade, terei chances melhores nessa matéria.

Estou quase na metade do livro e queria ter mais sessões de fisioterapia, só para terminar o livro, rss. Mas a verdade é que estou conseguindo tirar 30min do meu dia para estudar, é bom e pretendo manter isso depois que as sessões terminarem.

Bom, é isso pessoal.

Rock OFF!!!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Cinema

Rock ON!!!

 

Oi, galera! 

Hoje fui ao cinema e vi um filme muito bacana, depois posto sobre ele: Reis e Ratos.

Adoro cinema: aquela tela grande me fascina para caramba. Mas tem uma coisa que eu detesto e acho que muita gente também não gosta: o chato do celular. Ah, como assim, Priss? Bom, eu explico, caro leitor: o chato do celular é aquela pessoa que não consegue manter o maldito aparelho desligado. Por razões desconhecidas até então pela humanidade, mesmo com filminhos, apelos publicitários pedindo, tem sempre um infeliz, ou melhor infelizes [por que isso parece uma praga e se espalha com uma facilidade!] ligando o maldito celular durante a sessão! Porra, meu! O que tanto você tem para ver nessa porcaria de aparelho?

Fico realmente revoltada com isso. Hoje na sessão tinha 4 pessoas com celulares e uma com IPhone, que simplesmente é o pior: tela maior = maior incômodo.

Eu pago para ver o filme como você e por isso mereço respeito. Você que fica com o celular ligado durante a sessão e consulta de hora em hora para ver quanto tempo falta para acabar o filme só pode ser aquela criancinha filha da puta que berrava para mãe ou pai dizendo que queria fazer cocô no meio da sessão em 2001!

Você cresceu e agora não pede mais para fazer cocô, fica brincando com o seu maldito celular. Se não aguenta ficar sem ver as horas, espera o filme sair em DVD, compra e vá ver sozinho em sua casa.

Penso que essas pessoas que vão ao cinema e ficam com seus celulares ligados são verdadeiros ‘forever alones’, esperando uma ligação que nunca virá! Aliás, se estiver esperando uma ligação, cinema não é lugar de fazer isso, criatura!

O celular é uma das coisas que mais me irritam nos cinemas atualmente. A outra é o pé na cadeira: o bicho do mato vem, parece que nunca recebeu educação e mete o pezão sujo e fedorento na poltrona da frente! Que droga! Você quer mostrar seu tênis de marca comprado no camelõ do Brás, seu otário? Você faz isso na sua casa, seu mané? Deve fazer, é um porco sem vergonha que quer exibir para todo mundo o cheiro de queijo podre que emana de suas extremidades. E isso vale para as meninas também: não quero ver suas unhas pintadas e sujas, com sua sandália de patricinha comprada numa outlet da vida. Seu pé fede também e pior ainda: está cheio de micróbios, sua nojenta!

Sim, galera, hoje to cheia de revolta, mas escrever ajuda a passar.

E só revolta  não adianta. Gostaria de pedir encarecidamente que não usem mais seus malditos celulares durante as sessões de cinema e que não coloquem seus pés imundos sobre as cadeiras!

Não me conformo que a Cinemark fez até uma animação, com música e personagens clássicos de filmes pedindo para que as pessoas desliguem os celulares e ninguém respeita! Fala sério, mais didático que isso impossível! 

Talvez quando proibirem a entrada com celulares dos cinemas a coisa se resolva, mas isto está longe de acontecer.

Bom, pessoal, é isso. Muito grata por lerem. Hoje só tem isso mesmo, um post indignado, na conversa fiada.

Rock OFF

%d blogueiros gostam disto: