Tag: oceano

Caminhada 14 – Bertioga!!

Rock ON!!!

Difícil mensurar a caminhada 14. Passamos o final de semana em Bertioga, litoral de São Paulo e andamos bastante por lá, na água, na areia, na calçada.

Abaixo, seguem algumas fotos de Bertioga. Até andamos de escuna e isso foi bem legal.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Bom, acredito que tenhamos andado nos dois dias que ficamos, bem mais de 2km, mas de maneira espaçada.

A cidade é boa e vale a visita.

Recomendamos hospedagem no Hotel Vila da Praia, fomos bem recebidas e ficamos bem confortáveis por lá.

E para comer na praia, a barraca do Teco e da Cláudia, na praia da Enseada. Foi o local com preços honestos e serviços de primeira. Comemos uma porção de cação frito, bem sequinho e a Coca-Zero estava bem gelada. E não passamos mal depois, hein? Ou seja, tudo bem limpinho.

É isso, pessoal.

Rock OFF!!!

Caminhada 12 – Nas Areias de Bertioga!!!

Rock ON!!!!

Este post está atrasado em uma semana. Explico: fomos caminhar em Bertioga, litoral paulista, no dia 09/08. Passamos a tarde lá e caminhamos cerca de 2km e meio.  Não foi muito, eu esperava mais, contudo, caminhar na areia é um pouco mais difícil que no solo.

Caminhamos na areia fofa e nossos pés afundavam, isso é um bom exercício para as pernas, mas deve-se tomar cuidado para não ter uma torção no tornozelo. Meu chinelo virou várias vezes e eu quase me lasquei nessa areia fofa.

A areia média, isto é, nem muito fofa e nem muito dura, é boa de se caminhar e tem uma certa dificuldade também.

A areia dura é molhada, parece um piso de cimento mesmo e a caminhada rende mais, fica mais regular e o medo de cair e se machucar também diminui.

A brisa do mar e a paisagem ajudam na atividade. Como chegamos tarde ao litoral, lá pelas 16h, pegamos um bom horário para caminhar, nem muito quente, nem muito frio.

Também caminhamos um pouco na água e a dificuldade aumenta, a água leva a areia embaixo dos pés e é bem chato, mas é revigorante.

Bertioga é uma cidade muito boa, as praias são limpas, tem bastante restaurante, chuveiros nas praias, lugar para estacionar e guarda-vidas na orla, além de muita sinalização de onde o mar está perigoso.

A viagem de São Paulo até lá só gasta um pedágio na ida e outro na volta. A serra de Mogi-Bertioga é perigosa, requer atenção e respeito aos limites de velocidade. A rodovia é cheia de radares também, o que aumenta a segurança, mas eventualmente surge um doido correndo. Todo lugar tem.  Na ida, recomendo parar na Queijaria Pacheco, km20 da Mogi-Bertioga. Lá você pode comprar queijos, comer um lanche de pão com linguiça, descansar, comprar água, é um lugar pequeno, mas muito aconchegante e com atendimento ótimo.

Bom, é isso.

Abaixo, algumas fotos da praia para vocês verem:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Rock OFF!!!

O Mergulhador – Parte 1

Rock ON!!!

Comecei o módulo de Maya 2 e o projeto desse módulo é um mergulhador no fundo do mar.

Segue primeira parte num vídeo bem simples.

Rock OFF!!!

Tartaruga

image

Protejam os mares para que as tartarugas possam nadar sossegadas.

%d blogueiros gostam disto: