Tag: jaguadarte

Sem Foco 011 – Jaguadarte: Sonilundo Hoje Não!

Rock ON, Galera!

E num zás-trás, surge o Sem Foco Literário, trazendo um poema de Lewis Carroll para vocês! Sim, aquele Lewis, o ‘pai da Alice’! Descubra o que é nonsense, conheça Augusto de Campos e relembre de leve o Concretismo!

Rápido, antes que Felfel te alcance!!!!

 

Referências:

Sobre a tradução:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Jaguadarte

 

Sobre Lewis Carrol

https://www.ufrgs.br/psicoeduc/variados/traduzir-lewis-carroll/

 

Sobre a construção do texto:

http://blognovaalexandria.blogspot.com.br/2014/05/coluna-brincando-com-lingua-nao_11.html

 

O poema:

https://www.pensador.com/frase/NjYyMzk2/

 

Sobre Augusto de Campos

https://pt.wikipedia.org/wiki/Augusto_de_Campos

 

Entrevista com Augusto de Campos

https://istoe.com.br/387144_UMA+ALICE+PARA+ADULTOS/

 

Obra o Anticrítico, de 1986, Augusto de Campos

https://monoskop.org/images/0/05/De_Campos_Augusto_O_anticritico.pdf

 

 

As músicas utilizadas são da biblioteca do Youtube e estão na ordem em que foram utilizadas:

Guiton Sketch de Kevin MacLeod está licenciada sob uma licença Creative Commons Attribution (https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/)

Origem: http://incompetech.com/music/royalty-free/index.html?isrc=USUAN1100473

Artista: http://incompetech.com/

 

Balzan Groove – Vadodara de Kevin MacLeod está licenciada sob uma licença Creative Commons Attribution (https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/)

Origem: http://incompetech.com/music/royalty-free/index.html?isrc=USUAN1100311

Artista: http://incompetech.com/

 

Hidden Agenda de Kevin MacLeod está licenciada sob uma licença Creative Commons Attribution (https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/)

Origem: http://incompetech.com/music/royalty-free/index.html?isrc=USUAN1200102

Artista: http://incompetech.com/

 

Gymnopedie_no1, esqueci o autor, gente! é  Erik Satie (Colaborou @ItagybaKuhlmann , muito obrigada!!! 😀 )

Intended Force de Kevin MacLeod está licenciada sob uma licença Creative Commons Attribution (https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/)

Origem: http://incompetech.com/music/royalty-free/index.html?isrc=USUAN1100195

Artista: http://incompetech.com/

 

Impending Boom de Kevin MacLeod está licenciada sob uma licença Creative Commons Attribution (https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/)

Origem: http://incompetech.com/music/royalty-free/index.html?isrc=USUAN1100198

Artista: http://incompetech.com/

 

 

Epilog – Ghostpocalypse de Kevin MacLeod está licenciada sob uma licença Creative Commons Attribution (https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/)

Origem: http://incompetech.com/music/royalty-free/index.html?isrc=USUAN1100666

Artista: http://incompetech.com/

 

Officers_Call, The U.S. Marine Corps Band

 

Movin,  MK2

 

—-

A Abertura do Sem Foco tem como música de fundo:

Tidal_Wave, Silent Partner

 

Gostou do conteúdo? Indique para alguém e compartilhe!

Quer deixar alguma sugestão? Comente, eu leio tudo! MAS seja gentil, ou eu mando Jaguadarte ir atrás de você!

 

Rock OFF!!

Jaguardarte

Rock ON!!!

Eu gosto dessa história. Faz lembrar o cursinho. Acho que vou gravar um áudio dela para vocês, que acham? Porque ler assim, não faz muito sentido, rsss.

De Lewis Carrol, com vocês o:

Jaguardarte

Era briluz. As lesmolisas touvas
Roldavam e relviam nos gramilvos.
Estavam mimsicais as pintalouvas,
E os momirratos davam grilvos.

“Foge do Jaguadarte, o que não morre!
Garra que agarra, bocarra que urra!
Foge da ave Felfel, meu filho, e corre
Do frumioso Babassurra!”

Jaguadarte: nome original: Jabberwocky.

Jaguadarte: nome original: Jabberwocky.

Êle arrancou sua espada vorpal
E foi atrás do inimigo do Homundo.
Na árvora Tamtam êle afinal
Parou, um dia, sonilundo.

E enquanto estava em sussustada sesta,
Chegou o Jaguadarte, ôlho de fogo,
Sorrelfiflando através da floresta,
E borbulia um riso louco!

Um, dois! Um, dois! Sua espada mavorta
Vai-vem, vem-vai, para trás, para diante!
Cabeça fere, corta, e, fera morta,
Ei-lo que volta galunfante.

“Pois então tu mataste o Jaguadarte!
Vem aos meus braços, homenino meu!
Oh dia fremular! Bravooh! Bravarte!”
Êle se ria jubileu.

Era briluz. As lesmolisas touvas
Roldavam e relviam nos gramilvos.
Estavam mimsicais as pintalouvas,
E os momirratos davam grilvos.

Rock OFF

%d blogueiros gostam disto: