Tag: Banda

FINAL DISASTER: Novidades Quentes!!!

Rock ON!!!

Mais notícias da Final Disaster, pessoal!!!

 


FINAL DISASTER: BANDA ANUNCIA TÍTULO E CAPA DE NOVO TRABALHO

Após o lançamento do novo site, a banda paulista Final Disaster anuncia a capa de seu próximo trabalho com lançamento previsto para outubro de 2016.

A arte foi feita por Laura Giorgi, que divide os vocais da banda com Kito Vallim.
“A capa descreve exatamente a sensação que queremos passar com as músicas do EP. A partir do momento em que você escuta as músicas, é um caminho sem volta!” disse Kito Vallim.
Mais detalhes sobre o EP The Darkest Path, como tracklist e produção deverão ser anunciados em breve.
Link para o single Finis Hominis: https://www.youtube.com/watch?v=vB-U6ysgxRo
Facebook: https://www.facebook.com/FinalDisaster
Instagram: @finaldisasterofficial

Kito Vallim – Vocal

Laura Giorgi – Vocal
Felipe Kbeça – Baixo
Daniel Crivello – Guitarra
Rod Alves – Guitarra
Bruno Garcia – Bateria

A banda está disponível para entrevistas por e-mail e/ou pessoalmente.

FINAL DISASTER: BANDA LANÇA SITE OFICIAL COM CONTAGEM REGRESSIVA!

Rock ON!!!

Recebi no email material quentinho da Banda Final Disaster, nossa velha amiga aqui no Rock Me ON!

Agora estão com um site, onde podemos ouvir alguns trabalhos deles, ver fotos, saber dos shows, enfim, é um site bem bacana mesmo.

 

Abaixo, material da banda!


O Final Disaster acabou de lançar seu mais novo site oficial www.finaldisaster.net.
O Site conta com um formato dinâmico em versões português e inglês e é possível acessar desde o histórico da banda, informações sobre os integrantes, discografia, videos etc.
A banda se encontra em estúdio gravando seu primeiro EP, ainda sem nome divulgado.
Logo na entrada do site existe uma contagem regressiva e o motivo será revelado em breve.
Link para o single Finis Hominis: https://www.youtube.com/watch?v=vB-U6ysgxRo
Facebook: https://www.facebook.com/FinalDisaster
Instagram: @finaldisasterofficial

Kito Vallim – Vocal

Laura Giorgi – Vocal
Felipe Kbeça – Baixo
Daniel Crivello – Guitarra
Rod Alves – Guitarra
Bruno Garcia – Bateria

A banda está disponível para entrevistas por e-mail e/ou pessoalmente.


E é isso pessoal!

Visitem, se inscrevam nas redes sociais!
Dica: No Instagram tem sempre foto dos bastidores!!!! 😀
Rock OFF!!

FINAL DISASTER: Banda anuncia nova formação!!

Rock ON!!!

 

Notícia fresquinha da Banda Final Disaster para vocês, queridos leitores e fãs!

 

 

A banda paulistana Final Disaster anunciou mudanças em sua formação. O guitarrista Caio Botrel foi substituído por Rodrigo Alves (No Way) e o baterista Felipe Coutinho por Bruno Garcia (Unheld). Ainda, para dar mais peso ao som, entraram, Daniel Crivello (Hellarise) na guitarra e Felipe “Kabeça” (No Way) no baixo.

Final Disaster - promo1
​(foto: Tamira Ferreira)

Sobre sua saída, Caio se pronunciou:

“Após dois anos de dedicação, diversão e companheirismo, infelizmente estou deixando o Final Disaster por questões pessoais. Obrigado a todos que nos acompanharam durante esse período por todo o suporte! You Rock! Obrigado aos meus companheiros de banda!”

Em breve as fotos promocionais estarão disponíveis nas redes sociais da banda.

E a banda continua divulgando seu lyric video FINIS HOMINIS  que estará em seu próximo EP, cujo título ainda não foi divulgado e em breve entra em estúdio para a gravação de mais uma faixa.

Link Para o single: https://www.youtube.com/watch?v=vB-U6ysgxRo 

Facebook: https://www.facebook.com/FinalDisaster

Instagram: @finaldisasterofficial

A banda está disponível para entrevistas por e-mail e/ou pessoalmente.

Abaixo o clipe para vocês curtirem o som da banda!

Obrigada, Sygrid, pelo email!

Rock OFF!!

FINAL DISASTER: show ao lado de Hazy e Enemies of Reality!!!!!!

Rock ON!!!!

Sei que estou devendo o complemento do último vídeo, mas essa notícia é novinha e fresquinha!!!
Segurem seus chapéus mais um pouco!

—-

Promo Final Disaster
Após o lançamento de seu novo single, Finis Hominis, a banda Final Disaster irá tocar esse domingo, dia 20/12 como atração do Behold Metal Fest juntamente com as bandas Hazy e Enemies Of Reality em São Paulo no espaço Som, a partir das 18h.
Os ingressos antecipados podem ser adquiridos através do site http://www.eventick.com.br/behold-metal-fest-hazy-enemies

O show contará com participações especiais surpresa e um novo set que a banda irá apresentar.

Para credenciamento de imprensa, favor enviar nome e RG até 18/12 em resposta a esse email.

Link Para o single Finis Hominis: https://www.youtube.com/watch?v=vB-U6ysgxRo
Facebook: https://www.facebook.com/FinalDisaster
Instagram: @finaldisasterofficial

A banda está disponível para entrevistas por e-mail e/ou pessoalmente.

IMG-20151214-WA0006
Confiram o clipe:

É isso aí, pessoal!

Rock OFF!!!

FINAL DISASTER: SHOW DE LANÇAMENTO DE FINIS HOMINIS!!!

Rock ON!!!

Notícias quentíssimas da banda Final Disaster para vocês!!!!

 

FINAL DISASTER: SHOW DE LANÇAMENTO DE FINIS HOMINIS ACONTECE EM SETEMBRO

A banda paulista Final Disaster lançará oficialmente o single Finis Hominis dia 27/09/2015 [domingo], em um evento com as bandas Insane Driver e Outlanders.

O evento começará às 16 horas e tem previsão de acabar por volta das 21 horas.

A faixa Finis Hominis é uma prévia do EP que leva o mesmo nome que tem previsão de lançamento em dezembro/2015.

 

finalPoster

 

Link Para a primeira faixa “Another Victim”: https://www.youtube.com/watch?v=DVKQnsTSZCc

Facebook: https://www.facebook.com/FinalDisaster

Instagram: @finaldisasterofficial

A banda está disponível para entrevistas por e-mail e/ou pessoalmente.

Atenciosamente,

Sigryd Bagon

[email protected]

https://www.facebook.com/sigryd.bagon

Rock OFF!!!

FINAL DISASTER: GRAVAÇÕES DO NOVO SINGLE SÃO FINALIZADAS!!!!

Rock ON!!!!

Recebemos informações quentíssimas sobre a Banda Final Disaster, que você já viu aqui no Rock Me ON!!! (Clique para ler sobre a Final Disaster).

Segurem seus chapéus e lacinhos!!!!


 

As gravações do single da banda paulista Final Disaster, Finis Hominis, já foram encerradas e tem seu lançamento digital previsto para dia 27/09.

A faixa está sendo produzida por Thiago Oliveira (Seventh Seal, Addicted to Pain e Warrel Dane) e contou com participações especiais de músicos do metal nacional. As participações especiais são: Fábio Carito (Instincted), Diego Sachi (Hazy) e Erich Eichner (Maldita).

Promo Final Disaster

“Agora sim, terminamos as gravações, foi muito sangue e muito tempo de dedicação nesse trabalho. Foi um orgulho trabalhar com cada um dos nossos amigos que participaram! Falta mixar e masterizar, essa parte que fica a cargo do Thiago que é um cara com muita experiência e que a gente confia muito. E ainda o Raphael do Motoserra que participou de uma outra música do EP! Estou ansioso pelo resultado final!” – Kito Vallim (vocal/baixo).

A faixa Finis Hominis é uma prévia do EP que leva o mesmo nome que tem previsão de lançamento em dezembro/2015.

Link Para a primeira faixa “Another Victim”:

 

Facebook: https://www.facebook.com/FinalDisaster

Instagram: @finaldisasterofficial (https://instagram.com/finaldisasterofficial)

A banda está disponível para entrevistas por e-mail e/ou pessoalmente.

 

 

Atenciosamente,

Sigryd Bagon

[email protected]

https://www.facebook.com/sigryd.bagon


 

É isso aí, pessoal! Espero que curtam!!!! 😀

Muito obrigada à Sigryd pelo envio do material. O Rock Me ON sempre apoiará músicos e bandas bacanas 😀

 

Rock OFF!!!

Final Disaster!!!! – Banda!

Rock Me ON!!!!

Quem conhece o site há tempos sabe que só publico coisa boa para vocês. Hoje quero mostrar uma banda muito legal que chegou até mim através da Sigryd Bagon.

Trata-se da banda Final Disaster, brasileira e com pegada muito boa.

Abaixo, compartilho o material fornecido pela banda e os canais de comunicação. Foi muito gostoso ouví-los e até liberaram material para que eu usasse no podcast que estou montando com o Patrono do Rock Me ON, o Euler Soluções em Internet. Isso já deixa claro que é uma banda muito boa, senão jamais teria feito um post aqui e muito menos usado como música de fundo para um projeto meu.

Sem mais demoras, conheçam a Final Disaster!!!

Clipe:

Release

FINAL DISASTER: LAURA GIORGI E KITO VALLIM INICIAM AS GRAVAÇÕES DOS VOCAIS

Laura Giorgi

Laura Giorgi – Vocal

A gravação dos vocais do novo single do Final Disaster, Finis Hominis, foram iniciados sob a produção de Thiago Oliveira (Addict to Pain, Seventh Seal, Warrel Dane), que também produziu os trabalhos da banda Insane Driver e da guitarrista Isa Nielsen.

“O clima é de bastante expectativa entre os músicos. A dinâmica das gravações está ocorrendo bem  e além disso todos estão se divertindo muito. ” – disse a vocalista Laura Giorgi.

“Para este single, nós estamos procurando evoluir, levando em conta também o aprendizado que tivemos com a gravação do nosso primeiro single, Another Victim. Também estamos explorando mais a voz da Laura neste trabalho e o contraste entre as vozes está ficando muito interessante.” – completa Kito Vallim.

Em alguns dias, duas participações especiais serão apresentadas e os trabalhos de vocal serão iniciados.

O Novo trabalho, intitulado FINIS HOMINIS tem o lançamento previsto para agosto/2015.

Enquanto aguarda pelas novas músicas, siga a banda em seus canais oficiais para se manter atualizado com as novidades da banda e não deixe de ouvir o single ANOTHER VICTIM lançado no ano passado em homenagem a José Mojica Marins!

 

Link Para o single: https://www.youtube.com/watch?v=DVKQnsTSZCc

Facebook: https://www.facebook.com/FinalDisaster

Instagram: finaldisasterofficial

Twitter: @finaldisasterofficial

Email: [email protected]

A banda está disponível para entrevistas por e-mail e/ou pessoalmente.


Então é isso, pessoal! Espero que tenham gostado do post e principalmente da Banda Final Disaster.

Rock Me ON sempre apoiará boas bandas, sobretudo

Rock OFF!!!

 

Votem no Trayce!!!

Votem no Trayce!!!

Rock ON!!!

Galera, estou aqui para pedir um favor para vocês. Sabem que eu raramente peço alguma coisa, né?

Bom, é o seguinte gostaria que votassem na banda Trayce para que eles se apresentem no Monsters of Rock.

E por que estou pedindo isso para vocês, meus leitores?
Simples: por volta do ano 2000, conheci o Cabelo, quer dizer, o Marcelo Campos, que hoje é o baterista do Trayce. Naquela época, ele vivia batucando nas carteiras do curso de Design Gráfico na ETE Carlos de Campos. Ora bolas, e daí?

Daí que o Cabelo é uma das pessoas mais bacanas, humildes, bem humoradas e gente fina que eu conheço. Sempre brincalhão, era uma das pessoas mais engraçadas da turma e isso para mim foi muito bom, por que na época eu passava por uma fase muito difícil e realmente, as piadas e historietas ou mesmo simples comentários desse cara me faziam esquecer dos problemas.

Bom, agora que já fiz meio mundo simpatizar com o Cabelo, meu amigo, quero que conheçam também o trabalho do Trayce [já falei deles aqui no Rock Me ON, recomendando um clipe, lembram?]

A banda é muito boa e tenho certeza que os demais integrantes devem ser como o Cabelo, pessoas bacanas, trabalhando honestamente para obter o sucesso e por isso mesmo, merecem nosso votinho.

Votem no Trayce, pessoal!

Abaixo, texto deles nas redes sociais:

“Ajudem o TRAYCE a tocar no MONSTERS OF ROCK. Galera, é isso aí! Estamos dentre as bandas que estão concorrendo a duas vagas pra tocar no festival mais esperado do ano: O “MONSTERS OF ROCK” m/ Nos ajudem a realizar esse sonho de poder dividir palco com as bandas SLIPKNOT, KORN, LIMP BIZKIT, KSE e muito mais. Pra votar é bem simples, clique no link e procure o TRAYCE: https://www.facebook.com/MonstersOfRockBR/app_496208170458899
Mais do que nunca contamos com VOCÊS! Bora compartilhar e torcer por NÓS! Muito Obrigado a todos! Abraços, Marcelo Carvalho, Alex, Fabricio, Rafael e Marcelo Campos.”

É isso ae, pessoal! Votem no Trayce, eles realmente merecem!!!! ROCK OFF!!!!

A Pizza, a Cadeira e o Chão

Rock ON!!!

Oi, galera! Que título curioso, não?

Vou explicar. Domingo passado, às 23h resolvi pedir uma pizza. Ok, pedido feito, a redonda está a caminho, aquele frio, eu e minha mãe vendo stand ups na TV, perfeito, né?

Meia hora depois do pedido (rápido), o entregador buzinou lá fora (sou pobre, não tenho campainha! rs) Enfim, fui até o portão pegar minha gordice e ao que me deparo com um motoqueiro todo se retorcendo, falando “ai ai ai ai” “ui ui ui” “ai, meu Deus, que que eu faço, dai-me forças…” nisso já pensei “putakeu! motoqueiro crentelho que vai me converter!” Daí ele começa a me pedir desculpas, disse que caiu num buraco na rua que ele não viu e que minha pizza tinha virado toda na caixa de entrega. PUTZ!!! O motoqueiro foi ao chão, machucou a perna. Fiquei com dó. Daí ele foi para lá buscar uma nova pizza para mim. Coitado, falei para ele ir com cuidado, para não cair de novo.

Só para constar, a noite estava fria, o chão estava úmido e a rua de casa é uma montanha de paralelepípedos, moro no topo. Imagina a tensão de subir de moto algo assim, galera.

Bom, acabei ficando sem a pizza, ele não voltou, não ligaram para mim, dormi com fome.

Hoje, uma terça-feira, acordei sem dor alguma nos tornozelos e nem no joelho! Que felicidade!!!! fui trabalhar, feliz! muito muito feliz! como há tempos não estava!

Cheguei e o chefe master já me deu um monte de abacaxis do dia anterior para descascar, mas sabem, eu não sentia dor, então, peguei minha faquinha e fui feliz descascá-los!

Resolvidos os abacaxis, vieram os pepinos, descasquei, fiz uma salada, dane-se tudo! Eu estava feliz!!! Feliz sem dor!!! ai, que alegria!!!

Então terminada a tarefa, fui tomar café, mais feliz ainda, afinal, café sempre me deixa mais feliz! Estava lá tomando meu café, sentada na cadeira, meu colega de trabalho, que vamos chamá-lo aqui de ‘Tim Tim’, porque ele de certo modo me lembra o Tim Tim das histórias em quadrinhos, estava conversando comigo sobre o café, cuja qualidade estava ótima hoje, realmente, muito bom, então, perguntei que marca era, seria o Moka? Seria Pilão?

A misteriosa marca do pacote verde quadrado, que não sabemos ainda qual é, foi a usada hoje. Então, eu querendo saber se era Moka, estiquei-me para trás, empurrando a cadeira, contorcendo meu corpo para alcançar um armário baixo que estava atrás de mim, mas na diagonal, então, fazendo essa posição, que os praticantes de Yoga chamariam de ‘a grande torção de tronco’, eis que a porcaria da cadeira se quebrou!

E eu fui caindo, caindo em slow motion, sim, meus amigos, em slow motion, câmera lenta mesmoooo!!! vi meu amigo Tim Tim ficando longe, o teto mudando de ângulo e num ímpeto de salvar meu pãozinho! Sim, o pãozinho, contorci-me para frente e para o lado esquerdo, quase dando um rolamento de judô (eu acho) ou manobra do gato bêbado, como queiram, e pronto, fui ao chão! caí sentada, meio apoiada com o ombro, cotovelo e punho esquerdo colados ao solo!

Um barulho monstruoso que atraiu a atenção de um segundo amigo, que irei chamar de Pedro, porque ele tem cara de Pedro, oras! Enfim, ele veio me acudir, ver o que tinha acontecido.

Permaneci uns minutos imóvel, sentada, avaliando se conseguiria levantar, se não haveria algo quebrado, sangrando, enfim, levantei-me e cá estou, agora, na sala de aula, de uma turma que não é minha, só para mostrar um projeto que não é só meu para um professor na faculdade, junto com os alunos do primeiro semestre!

Eeeita! Agora vocês entenderam o que a Pizza, a Cadeira e o Chão estão como título, né? rs

E sim, ainda estou dolorida. Dor no cotovelo e no punho e ainda na… bom, digamos que a banda da esquerda está tocando meio desafinado, por assim dizer, rsss.

E agora com dor, não estou mais feliz, feliz e feliz… mas foi bom enquanto durou…

Rock OFF!!!!

Roosevelt, The Hard Rock Band!

Rock ON!!!

Um dos propósitos deste blog é comentar sobre shows, afinal, o nome é Rock Me ON!!! Ou seja, não falar de pelo menos uma banda por ano chega a ser um verdadeiro sacrilégio musical!

Bom, para não deixá-los famintos, vou falar de uma banda, que ainda não é famosa, mas que pelo que vi, tem tudo para estourar e se tornar um verdadeiro monstro nas paradas! Ok, talvez eu exagere um pouco, mas os caras são bons mesmo!

Estou falando da banda Roosevelt THRB, The Hard Rock Band! Ok, uma banda com nome e sigla não é todo dia que se vê e para ser sincera, no momento não me lembro de nenhuma outra que tenha isso! Mas enfim, vamos ao que interessa: o que essa banda tem de tão especial e como foi o show?

Guardem bem essa imagem!

Guardem bem essa imagem!

O show, primeiro do ano, aconteceu dia 15 de janeiro deste ano, no Snooker Rock Bar, lá na Alameda dos Aicás, 1245, que fica em Moema. O resto você procura no Mr. Google, ok?

O lugar tem um ambiente amigável, muito bacana para passar o tempo, um barzinho com sinuca e um serviço de mesa muito bom. Foi difícil manter o copo vazio, se dependesse do garçom, acho que voltaria de ambulância para casa, rs. Os preços são um pouco salgados, quando comparados aos do Black More, uma casa de Rock da região, mas enfim.

Local pequeno, mas bacana!

Local pequeno, mas bacana!

Para esta aventura contei com a companhia de minha amiga Helen e do Arthur, seu marido, que chegou atrasado e perdeu dois blocos de show! Aham, a banda se apresentou das 19h às 22h, perfazendo um total de 3 blocos musicais, com intervalos médios de 15min, afinal, eles são humanos e merecem descansar, né?

O convite para ver a banda partiu de meu amigão, aliás, primaaaão, o Marcus, batera da Roosevelt, que diga-se aqui, quando o conheci no SENAI, apenas dizia que quando acabássemos o curso, que iria tocar bateria. E eu sequer podia imaginá-lo numa, afinal, quase 2m de altura, como pode??? WTF, enfim, ele fez e agora toca muito bem!

Marcus Quintella, o baterista!

Marcus Quintella, o baterista!

Aliás, tão bem que fica difícil imaginar que em apenas 2 anos de estudos já esteja num nível muito bom. [Não infle seu ego, você ainda não é um Aquiles Priester, mas um dia chega lá! Rs]

A banda ainda é composta por dois guitarristas, o base Alan Simon Bravo e o solista Dido Gunner, o baixista oficial e que no dia encarou o back vocal por estar impossibilitado de tocar, Menson Cerri, o baixista convidado, Daniel Villiger Silveira e o vocalista Lucas Zeni Melo [em tempo, esta semana foi anunciada a sua saída da banda, que já procura um substituto!]

Roosevelt THRB!

Roosevelt THRB!

Contando com um público pequeno, mas cativo, formado por familiares e amigos, a banda iniciou o show com o seguinte set list:

Nightrain [Guns N’ Roses]
Detroit Rock City [Kiss]
Rock You Like a Hurricane [Scorpions]
Sweet Child o’mine [Guns N’ Roses]
18 an Life [Skid Row]
Smoke on the Water [Deep Purple]
Knocking on the Heavens Door [Guns N’ Roses]

Confesso que fiquei perdida nas músicas do Guns N’ Roses, nunca fui fã deles, mas uma ou outra eu já tinha ouvido, né? Rs. Gostei muito de Detroit Rock City e acho que eles deveriam ter aberto com esta música, pois o público também vibrou mais com esta, afinal, trata-se de um clássico!

Galera mostrando para o que veio!

Galera mostrando para o que veio!

O áudio estava bom, mas os vocais ficaram abafados neste primeiro bloco e mal se ouvia o Lucas. Dei um toque nisso para o Marcus e do segundo para o terceiro bloco, fizeram os ajustes necessários.

É diferente tocar para um ambiente vazio e para outro cheio, podem ter a falsa impressão de microfonia ou ecos indesejados, por isso, quando as bandas crescem, digamos assim, é necessária a presença de um técnico de som, para que ele vá ajustando o áudio à medida que decorre o evento. Sim, meus caros, Rock Me ON!!! Também é informação! Rs

O ângulo que peguei as fotos não estava bom. Mas o show foi ótimo!

O ângulo que peguei as fotos não estava bom. Mas o show foi ótimo!

Uma das coisas que gostei nesta banda e que pouco vejo em bandas brasileiras é a ‘presença de palco’. Não sei por quê, mas o metal brasileiro toca duro, como se estivessem fincados no chão e como se isso fosse regra.

A Roosevelt teve uma boa presença de palco, apesar de não haver um, rs, afinal, estavam no mesmo patamar do público, mas por seu desempenho, conseguiram criar um ‘palco virtual’ por assim dizer e me impressionaram bastante com uma performance similar a que eu vi da banda finlandesa Tarot.

Da esquerda para direita: Marcus, Daniel, Menson, Simon e Dido. O vocal... bem... o vocal saiu! [tadá-tum-tiss!!!]

Da esquerda para direita: Marcus, Daniel, Menson, Simon e Dido. O vocal... bem... o vocal saiu! (tadá-tum-tiss!!!)


Por apresentar um show cover, estavam bem ensaiados, não percebi notas erradas [e olha que sou crica para isso! Peguei notas assim até do Rafael Bittencourt e do Confessori!]. Tocaram com coerência, sem perder a cadência, souberam e respeitaram cada música. Isso é ótimo para os fãs!

O segundo bloco, em minha opinião foi o melhor, pois contou com:

Forever [Kiss]
Back in Black [AC/DC]
Dr Feel Good [Mötley Crüe]
Even Flow [Pearl Jam]
We All Die Young [Steel Dragon]
Fall to Pieces [Velvet Revolver]
In a Darkened Room [Skid Row]

Daniel, o Baixista  convidado: categoria e estilo!

Daniel, o Baixista convidado: categoria e estilo!


Claro, para variar, um setlist desconhecido para mim, porém foi o que mais gostei! Só acho que deveria ter mais do AC/DC… claro, to puxando brasa pro meu peixe! Gosto não se discute!

Neste ponto seria de se esperar músicos exaustos e a qualidade caindo, mas não com a Roosevelt: o pessoal estava com muita energia e cheio de vontade para entrar para o terceiro bloco!

O atual ex-vocalista Lucas e o guitarrista Alan Simon.

O atual ex-vocalista Lucas e o guitarrista Alan Simon.

Lá fora chovia, tempinho chato para caramba e finalmente chegou o Arthur, esposo da Helen, todo molhado, para curtir o último bloco.

Arthur ficou impressionado e elogiou bastante a banda. Helen também curtiu, diga-se de passagem, adoramos o programa diferente!

Para fechar a noite, de domingo e nos preparar para uma segunda-feira complicada, afinal, acordar cedo e trabalhar depois de uma noitada dessas fica bem complicado, temos o setlist do terceiro bloco composto por:

Don’t Cry [Guns N’ Roses]
Fool for Your Loving [Whitesnake]
Dream On [Aerosmith]
We’re Not Gonna Take It [Twisted Sister]
Breaking the Law [Judas Priest]
You Give Love Bad Name [Bon Jovi]
Paradise City [Guns N’ Roses]

Preciso dizer? Então, pulando a parte do meu desconhecimento musical [preciso ampliar meu setlist particular!] foi uma apresentação tão boa, tão bacana e legal que quando, timidamente o vocalista anunciou o fim do show, a casa veio abaixo e o povo pediu bis!!! E teve seu bis! E agora nem me lembro mais o que cantamos, rs!

Mas sei que gostei muito do que vi e até ganhei a palheta do solista Dido [valeeeu! 0/] que está junto com minhas outras palhetas de: Zack Hietala, Felipe Andreoli, Ricardo Primata e Rafael Bittencourt. Uma coleção pequena, admito, mas de peso!

A Banda Roosevelt merece ser vista, então fiquem ligados na agenda deles pelo Facebook: http://www.facebook.com/Roosevelt.THRB?sk=info e acompanhe sua performance no canal do Youtube: http://www.youtube.com/user/BandaRooseevelt/featured e torçam para que consigam um novo vocalista logo!

Ainda estão no começo, mas já têm um bom material e um estilo que precisa ser desenvolvido em conjunto, talvez o grande segredo das maiores bandas seja este: ser um grupo que goste daquilo que faz, que faça com alegria e diversão, mas que sobretudo entendam que o que possuem é um negócio e como tal, se administrado com cuidado, irá gerar muitos lucros!!! Mas até lá, a caminhada será longa, portanto, não desanimem e Keep Rock Rocking Roll!!

Se beber, não dirija! Por isso eu fui de metrô! Olha o sacrifício!!! Eu  usando o transporte público!!!

Se beber, não dirija! Por isso eu fui de metrô! Olha o sacrifício!!! Eu usando o transporte público!!!

É isso! Espero que tenham gostado, um post rápido, mas sincero e honesto.

Rock OFF!

—-
Galeriazinha para vocês:

%d blogueiros gostam disto: