Tag: evangélicos

Protejam seus Gatos!

Rock ON!!

Feliz dia das Bruxas, pessoal!

Hoje é um dia especial, para brincar em festas, fantasiado, comendo docinhos e sendo feliz.

Mas, tem sempre o idiota que acredita que hoje é dia de matar gatos. Sim, tem. E quando digo idiota, estão inclusos deste os que acham que estão fazendo isso para atrair alguma coisa malígna e os que acham que estão exterminando a maldade na terra. Fanáticos estão em todas as partes, pessoal.

Anos atrás, ouvi de uma pessoa que se dizia muito religiosa, da religião que costumo chamar de crentelhismo, que os gatos pretos são cria de Satã e devem ser exterminados. Ora bolas, um absurdo sem tamanho, né?

Na época, eu não tinha uma gatinha preta, mas já tinha dois gatos e no dia 31 de outubro já costumávamos recolher os gatos mais cedo, ficar de olho. Agora que temos a Michonne, o cuidado é redobrado.

E já fui alertada, há cerca de uma semana, por um amigo, sobre os perigos do dia 31 de outubro, para cuidar da Michonne e evitar que ela caia em mãos erradas. (Valeu, Carlos!)

Por isso, estou fazendo esse post, para avisá-los que nesse dia muitos gatos desaparecem, vítimas da ignorância e idiotice de algumas pessoas. E não apenas os pretos, mas os brancos, rajados, siameses, listrados, amarelos, pequenos, grandes, velhos, jovens etc. Para esses imbecis fanáticos, basta ser um gato para estar fadado ao extermínio.

Enquanto escrevo, a Michonne está brincando na cama de minha mãe, perseguindo sua cauda, se divertindo. E ela é uma graça fazendo isso. É doloroso pensar que alguém possa fazer mal a ela ou a qualquer outro. Por isso, este post, com a imagem abaixo, para ser compartilhada bastante. Alertem seus amigos e familiares!

michonne

Protejam seus gatinhos, pessoal!

E se presenciar alguma atrocidade contra os animais, denuncie!

Rock OFF!

Morte de Gatinhos e Cachorrinhos por uma Crentelha

Rock ON!!

Não posso chamar de religiosa uma pessoa que mata animais. Não posso sequer chamar de pessoa essa coisa que mata animais. E animais que já estavam indefesos, mas de alguma forma, protegidos em uma casa alugada.

Assistam a reportagem do SBT.

http://www.sbt.com.br/sbtvideos/programa/413/Noticias-da-Manha.html#.VA-EnWxOXmL

Entenda o caso no texto retirado do grupo Catland:

Catland – adoção de gatinhos

“Uma casa foi demolida no Tatuapé (São Paulo/SP) com dezenas de gatos dentro. Muitos morreram, muitos estão feridos e desaparecidos e alguns conseguiram ser resgatados.

Aconteceu ontem, no Tatuapé (Rua Elie Sarfatis, 33, esquina com a Avenida Celso Garcia). O terreno pertence à Igreja Nova Geração (https://www.facebook.com/igrejang?fref=ufi ehttps://www.facebook.com/igrejanovageracaooficial).

Sabendo que aconteceria a demolição, os vizinhos se anteciparam e pediram alguns dias para retirar os animais do local. A pastora Edna Venezian Pagliarin (https://www.facebook.com/edna.venezian?fref=ts) concordou e lhes deu o prazo até 14/09. Prometeu e NÃO cumpriu. Ela e seu esposo, presidente da igreja João Misael Pagliarin (https://www.facebook.com/joaomisael.pagliarinii?fref=ts) LIBERARAM a demolição com TODOS OS GATOS dentro do imóvel.

Até agora foram resgatados 17 gatos vivos, sendo uma grávida que acabou abortando os filhotes e dois bebês de mamadeira. Os animais foram distribuídos entre as ONGs e pessoas que se propuseram a adotá-los.”

– Como já tem sido muito divulgado o caso dos gatinhos da demolição, informamos que estávamos lá também e qualquer descrição que der, não irá refletir a cena de horror que presenciamos. Conseguimos resgatar e abrigar 04 sobreviventes que já estão sendo tratados e medicados com todo o amor que eles merecem.

A impunidade assola nossa sociedade e causa prejuízo a todos!!! O sentimento no Brasil é o de que as penas, a morosidade da justiça e as leis já existentes e não efetivamente aplicadas, estão destruindo nossa sociedade. Que este caso tão cruel seja o marco para uma nova etapa, um novo olhar para a causa animal, pois somente assim poderemos ter uma sociedade igualitária. A CATLAND ESTÁ DE LUTO pelos que se foram nesse episódio criminoso, mas está alegre em poder ajudar os bravos sobreviventes. ‪#‎JuntosSomosMelhores‬ ‪#‎GoCatland‬
=====================

Rock OFF.

Nosso País Esculhambado

Rock ON!

Vivemos um tempo assustador em nosso país. Nosso Estado que deveria ser laico, está cada vez mais religioso e ai de você se não seguir a religião x ou y. Está lascado!

Dizer que é ateu ou pagão, hoje em dia é arrumar briga e das grandes. Infelizmente o poder político têm se misturado [e muito] com religiões, sejam elas quais forem.

Não tenho nada contra um político ter uma religião e usar isso para obter seus votos e se eleger. Mas sou contra o fato, cada vez mais frequente, desses mesmos políticos esquecerem que são eleitos por uma parcela da população, mas que deverão trabalhar também para àqueles que não lhe deram votos.

Mas eles se esquecem disso e cada vez mais vemos episódios, lastimáveis, de perseguições religiosas, quase inquisições, só porque a pessoa não segue a religião x.

Àqueles que não têm religião então devem nos governar? Se tiverem votos, sim. Mas o Estado deve ser sempre laico, isto é, não puxar para nenhuma religião. E que como sabemos, no Brasil, predominam várias delas, então, como um representante do Estado, pode sair em favor desta, sem ofender àquela? Não é o ateu que ganha com o Estado sendo laico, são todas as religiões.

Nas redes sociais hoje já existe uma verdadeira guerra sobre este assunto. As pessoas discutem e discutem, cada qual tentando enfiar goela abaixo do outro, seu ponto de vista, sua verdade absoluta. O religioso extremista não aceita que o ateu não tenha um Deus e muito menos que o pagão tenha vários. E extremistas há também entre ateus e pagãos.

Pessoal, tomem cuidado. Não misturem religião com política ou com negócios. Não deixe de atender um cliente porque ele é da religião x ou porque não tem religião. Aliás, eu tenho saudades do tempo que religião era algo menos exposto, menos banal, que se reservava às famílias, às igrejas, templos etc.

As pessoas não percebem como se tornam chatas quando falam de sua religião ou de sua não-religião o tempo todo. Como se isso importasse para outras pessoas. Por exemplo: você está no trabalho, porque vai falar sobre religião, suas crenças e pior, discutir com seu colega, por ele ter crenças distintas? Não faz o menor sentido. Já pararam para pensar nisso?

No ônibus, na fila do banco, não são lugares para isso, muito menos no bar. Mas já presenciei gente discutindo passagens bíblicas até em banheiro de shopping!

Eu acompanho um site de humor, o www.umsabadoqualquer.com.br, que discute muito bem esses assuntos em tiras divertidas, desenhadas pelo Carlos Ruas. Mas de uma maneira sadia. Há personagens de todas as religiões conhecidas pela grande massa e todos interagem bem. Às vezes me pego pensando, se as pessoas não poderiam fazer como esses personagens e também encerrar todas suas discussões sobre isso e aquilo. Mas acho que é pedir muito, né?

Deixo aqui uma tira do Carlos Ruas:

Tira 1186 - Mistérios de Deus revelados

Tira 1186 – Mistérios de Deus revelados

Fonte: um sábado qualquer

Rock OFF!!!

%d blogueiros gostam disto: