Tag: Brigas

#005 – Polêmica!!!

Rock ON!!!

Eis algo que venho observando ultimamente e que me preocupa: o excesso de brigas originadas por mal entendidos. Eu mesma estive em uma recentemente e que felizmente foi resolvida rapidamente, foi um mal entendido no Twitter por questões comportamentais divergentes entre países. Enfim, nós conseguimos passar por esta situação muito bem, mas vejo o quanto as pessoas se empolgam em brigar mesmo com outras por assuntos sem nexo às vezes.

Então, fiz esta tira para ilustrar e passar um pouco do que penso para vocês refletirem, especialmente as mulheres engajadas em lutas por direitos femininos. Notem, o recado é ‘especialmente para as mulheres’ e com isso não quis dizer que os homens também não estejam inclusos nessa. Estão sim. Afinal, somos todos humanos, não é mesmo?

Sintam-se à vontade para parar de me seguir nas redes sociais. Só não me encham a paciência, ok?

homem

E notem, não sou modelo de pessoa para ninguém, também tenho meus defeitos, mas gente, percebo em algumas pessoas uma birra inacreditável com questões banais. Isso dá medo!

Rock OFF!!!

Halloween X Folclore Brasileiro

Rock ON!!!

Esse 2014 está muito louco mesmo! Cheio de brigas e polêmicas!
beavis

Antes da Copa, a briga era ‘Vai ter Copa’ x ‘Não vai ter Copa’.
Aí vieram as Eleições e foi uma ‘brigaiada’ por causa dos candidatos. E agora que isso passou, a galera está querendo arrumar outro motivo para brigar!!!

E nem é o Clássico: Bolacha x Biscoito. Afinal, todos já sabem que bolacha tem recheio e biscoito não. Aqui em casa é dividido assim, pronto e acabou!

Bom, voltando, a briga agora é por causa do Halloween! Gente! Halloween, festa americana, divertida, onde as pessoas enfeitam as casas, se fantasiam, as crianças pedem docinhos, tudo isso, olha que beleza!

Mas aos poucos esse costume está chegando ao nosso país, tão cheio de crenças, misticismos e mandingas. O nosso adorado país que sequer liga para porcaria do dia do Folclore. Aliás, você sabia que já existe um dia do Folclore? Sabe quando é? Eu digo: foi dia 22 de agosto. É, passou essa porra e você nem percebeu!
saci
E agora, seu infeliz, fica aí reclamando da galera brincando o Halloween, postando foto de Saci-Pererê para tudo quanto é lado! Porra, tu só conhece Saci, né? Iara, Boitatá, Lobisomem nem pensar? Mula-sem-Cabeça? Ah, sem graça, né? Sou chata sim, mas não sou inconveniente a ponto de querer estragar a festa dos outros, né?

Por que você não comemorou o dia do Folclore em Agosto? Agora quer ser ‘hue hue br’ com o Halloween? Nem entende o que é a porra da festa!

Vou explicar, rapidinho, aqui, num trechinho que vou tirar da Wikipédia. E se quiser uma referência melhor, vai no Google e pesquisa, porra!

“A origem do Halloween traz às tradições dos povos que habitaram a Gália e as ilhas da Grã-Bretanha entre os anos 600 a.C. e 800 d.C., embora com marcas das diferenças em relação às atuais abóboras ou da muita famosa frase “doces ou travessuras”, exportada pelos Estados Unidos, que popularizaram a comemoração. Originalmente, o Halloween não tinha relação com bruxas. Era um festival do calendário celta da Irlanda, o festival de Samhain, celebrado entre 30 de outubro e 2 de novembro e marcava o fim do verão (samhain significa literalmente “fim do verão”).” fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_das_bruxas
snoop

Entenderam que Halloween não é a mesma coisa que a porra do dia do Folclore que você sequer sabia ou lembrava quando era? E que você nem comentou? E veio algum estrangeiro te encher o saco por isso? NÃO!!! Então para de ser chato, chata, pentelho, pentelha e acima de tudo, inconveniente e deixa a galera brincar!

É cultura, porra! Cultura vinda de fora, mas poxa, nosso país é assim! Tudo vem de fora! Ou você faz Quarup todo ano? Sabe o que é Quarup? Pesquisa! Vai pesquisar, vai olhar!

Se for para fazer algo genuinamente brasileiro, tem que ser Quarup!

Deixa a porra do Halloween em paz! A galera quer brincar, comer docinhos, enfeitar a casa! Então deixa! As crianças curtem, as escolas de inglês trazem isso como um diferencial para as aulas, enriquece culturalmente a pessoa!

Tenho alguns amigos que estão fora do país e postando fotos de abóboras! Porra, que maneiro! Docinhos exóticos, coisa legal! Escavar uma abóbora é algo que se faz em família, nunca viu nos filmes não? Nem leu em revistas ou livros, aposto!

Qual a última coisa que você fez em família e que se divertiu, hein? Escreva aí!

E se não gostou de nada que eu escrevi, a imagem abaixo é para você, seu chato!

pau

Rock OFF!!!

300: Rise of an Empire!!!

Rock ON!!!

This is SPARTAAAA!

This is SPARTAAAA!

Não resisti e fui ver a pré-estréia de 300: Rise of na Empire!!! Assisti em 3D, dublado.

Gostei muito do filme, foi além do que eu esperava ou imaginava, simplesmente foi demais, uma aventura e tanto, muito sangue, tripas e violência, ao melhor estilo 300.

A dublagem ficou muito boa, parabéns à equipe brasileira, que embora não tenham mostrado nos créditos [e eu fiquei até o final deles], fez um excelente trabalho! Cada pausa, respiração, fala, tudo encaixou perfeitamente bem!

A fotografia do filme é um show a parte! Não é um filme amarelado como o primeiro 300, este é mais escuro e em alguns momentos, a tela parece embaçar, especialmente nas cenas perto da água, onde se passam a maioria das batalhas. Você literalmente se sente lá no meio de tudo, é muito bom.

A edição de som também foi primorosa, cada efeito, cada música, tudo se encaixando magicamente, para dar àquele filme de ação, a mais pura verocidade, uma experiência explêndida!

A ação do filme também é um show a parte: muitas lutas bem coreografadas, cenas em câmera lenta, cada detalhe, cada pedacinho de violência, como deveria ter sido uma batalha naquele período, com mutilações muito bem feitas, enquadramentos precisos, cenas até mesmo belas e outras muito rápidas, que sinceramente, vou ter que ver de novo, para poder pegar os detalhes melhor.

Os cenários ficaram lindos, a pesquisa de figurino foi bem bacana, para quem não queria ver homens fortes de tanga, agora saibam que eles usam belos saiotes azuis e capinhas, ah, as capas continuam! ehehehe

Rodrigo Santoro tem mais espaço para dar um show de interpretação. Ele ficou mais convincente como Xerxes, com mais falas interessantes. Meus respeitos e parabéns para esse ator brasileiro que tem muito ainda para crescer LÁ FORA! Sim, fique em Hollywood, faça bons papéis, você merece! Adorei a cena em que… bom…

 

Link oficial do filme, para você brincar, baixar papel de parede, ver trailers, criar gifs, etc:

Diva!

Diva!

 

http://www.300themovie.com/

O Ateniense de nome difícil!

O Ateniense de nome difícil!

Xerxers: Deus-Rei!

Xerxers: Deus-Rei!

A rainha viúva. Seu nome? GORGO! Rainha Gorgo!

A rainha viúva. Seu nome? GORGO! Rainha Gorgo!

A mulher má e seus ninjas!!!

A mulher má e seus ninjas!!!

Imagens meramente ilustrativas e retiradas aleatoriamente da internet. Se você se sentir ofendido ou for o dono de alguma delas e quiser que eu a retire, pode pedir por email. Mas saiba que faço questão de divulgar gratuitamente este excelente filme e que não estou lucrando nada com isto.

 

Agora vou falar da história, do roteiro e por isso já lanço o alerta: vou contar do filme. Se você não viu ainda, suma daqui, feche o post agora, não leia porque vou dar SPOILER.

Você foi avisado.

Read More

Bob, Um Cara Bacana!

Reggae Rock ON!!!

 

Bob.

Bob.

Bob era um cara bacana. Tinha cabelo ‘estilo rastafari’, barba, se vestia com roupas coloridas e usava uma alegre boina com as cores da Jamaica.

Bob atraia olhares por onde passava. Normalmente as pessoas torciam o nariz para ele, devido ao seu visual nada tradicional, afinal, morava numa cidade onde a maioria se vestia com ternos e vestidos de cores sóbrias, frias ou neutras.

Bob era pura alegria com seus amigos e familiares. Ele tinha até um animal de estimação: um belo cãozinho chamado Ginga. E Bob tinha uma namorada, Suzette.

Um dia Bob estava caminhando alegremente pela rua, indo ao trabalho. Sem querer esbarrou num homem alto, vestindo um terno de lã escura. O homem o olhou de cima. Bob pediu desculpas e seguiu em frente.

O homem virou-se e chamou Bob de sujo, maltrapilho e burro. Bob não ligou, estava indo ao trabalho e não queria se atrasar.

Às 10:30 Bob e aquele homem se reencontraram novamente: no local de trabalho de Bob, que era médico e já estava vestido adequadamente para atender seus pacientes. E o homem, é claro, havia agendado sua primeira consulta com o DR. Oliveira Silva, que era um proctologista de renome internacional e um cara bacana, para sorte daquele homem.

Rock OFF!!!

 

Cogumelos Discutindo São Assim Mesmo!

Para mim eles são Greeno e Red, tá? ;*

Para mim eles são Greeno e Red, tá? ;*

%d blogueiros gostam disto: